simplesmente delícia

3 de março de 2011

 

  • Apos alguns dias em que pensei que havia sido atropelada por um caminhão, a gripe pareceu desistir de mim e resolveu procurar outras bandas. Mas durante uma eternidade, ela foi implacável: dor no corpo, sinusite, cansaço, mas principalmente falta de animo para cozinhar e nenhuma vontade de comer. Alias, não é que eu não quisesse comer- era sobretudo que eu não sabia o que queria comer. Sopa é sempre o que me vêem a cabeça quando não estou me sentindo bem, mas com o calor que  está aqui no Rio de Janeiro, eu tentei pensar em alternativas (e não, não gosto de sopas frias). Resolvi meu dilema em parte fazendo um caldo de camarões e mexilhões com manjericão: essa erva torna as coisas um pouco mais interessantes quando por motivos incontrolaveis, nosso olfato resolve pedir “férias”. Gengibre também é sempre uma boa opção.
  •  
  • E como recompensa pelo meu retorno  ao mundo dos vivos, resolvi me dar um presente:  queria algo fácil, algo reconfortante e doce (claro… salgado não é premio no meu Mundo), uma terapia comestível, algo que me dissesse “bem vinda querida Flavia, você  já sofreu o suficiente!”. Eu realmente estava procurando algo simples e maravilhoso, palavras que muitas vezes se excluem mutuamente. Lembrei então da idéia desse bolo que havia tempo namorava.  As  três sementes dão um sabor maravilhoso a esse bolo branco clássico. Os perfumes se complementam mas nenhum toma uma dimensão maior que a outra e as raspas de limão e laranja fazem desse bolo uma deliciosa versão em 3D. Mas nesse caso, não e necessário nenhum óculos especial, só a vontade de comer algo surpreendente na sua simplicidade.

  • Receita inspirada do Sarabeth’s Bakery, de Sarabeth Levine
  •  
  • ingredientes

  • 1 colher de chá de erva doce
  • 1 colher de chá de coentro em grão
  • 1 colher de sopa de gergelim (eu usei o preto mas pode ser o branco)
  • 3 copos de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 10 colheres de sopa de manteiga sem sal, gelada, picada
  • 2 copos de açúcar
  • 4 ovos,  a temperatura ambiente, separados gemas de claras
  • raspas de 1/2 limão siciliano
  • raspas de 1/2 laranja
  • 1 copo de leite, a temperatura ambiente
  •  
  • Suco de 1 limão, aproximadamente
  • 2 copos de açúcar de confeiteiro (280 gramas)
  •  
  • modo de preparo

  • 1. Pré-aqueça o forno a 180 graus. Unte uma forma redonda de tubo com manteiga e polvilhe de farina. Reserve. Se suas sementes de gergelim não forem tostadas, ponha-as numa pequena frigideira e leve ao forno médio/baixo por alguns minutos, mexendo sem parar, ate elas tostarem. preste muita atenção com as sementes pretas pois e difícil de ver: você precisa ficar atenta ao perfume que elas começam a exalar quando estão tostadas. Vigie como um águia para não queimarem!
  • 2. Num processador, ou no liquidificador, ponha as sementes de erva doce e de coentro. Triture-as ate pelo menos a metade delas estarem em pó ou bem quebradas. Reserve junto com o gergelim. Numa outra vasilha, misture a farinha, o fermento e o sal. Reserve.
  • 3. Na vasilha da batedeira, ponha a manteiga picada. Bata com a pá por 1 ou 2 minutos em velocidade media/alta ate formar uma pasta. Acrescente o açúcar e bata por mais uns 5 minutos, limpando as laterais da vasilha com uma espátula uma ou duas vezes. junte então as gemas, uma por uma, batendo bem entre cada. Adicione as raspas de limão e laranja.
  • 4. Diminua a velocidade da batedeira e acrescente o leite e a farinha, alternando-os, em 3 vezes. Junte as sementes e reserve a massa enquanto prepara as claras.
  • 5. bata as claras em neve. Com muito cuidado, misture-as a massa, com uma espátula. Entorne na forma preparada e leve ao forno por 60 minutos.  Use uma faca para testar: ela tem que sair seco do centro do bolo. Retire do forno e deixe esfriar 10 minutos em cima de uma grelha.
  • 6. Enquanto isso, misture o açúcar de confeiteiro e o suco de limão. eu gosto de preparar a calda bem cedo pois acho que ela demora sempre um pouco ate o açúcar absorver o suco de limão e a calda ficar mais perfumada. Junte o suco de limão aos poucos para você ter uma calda da consistência que gosta. Eu gosto dela menos liquida, por exemplo, então não uso 1 limão inteiro.
  • 7. Desenforme o bolo apos uns 10/15 minutos e deixe-o esfriar totalmente. Depois que o bolo estiver à temperatura ambiente, derrame a calda por cima.

Outras Boas IdéiasBolo Tres Leches e Bolo de Mel e Vagaçoes no Mundo da Comida de Conforto

  •  

 

16 comentários

  1. mariana disse

    03 mar 2011, 2:02 pm

    Que bom estares de volta e espero que totalmente recuperada e cheia de energia e acredito nisso vendo esse bolo magnifico, adorei mesmo é sempre um prazer vir aqui e dar de caras com tanta coisa boa.

    Beijos!!

  2. Marmita disse

    03 mar 2011, 5:30 pm

    Mais uma maravilhade bolo… Ainda bem que essa grite se foi embora porque fazes muita falta pra eu regalar os meus olhitos ao olhar para as tua imagens fantásticas.. parabéns pela receita, ficou divinal. beijo da Marmita

  3. Viviane disse

    03 mar 2011, 6:44 pm

    Eu mais uma vez olhando suas receitas…são maravilhosas.Nesta receita fiquei com uma dúvida : usa-se grãos de coentro ou cominho? Bj.

  4. flaviapantoja disse

    03 mar 2011, 6:56 pm

    Viviane, errei na hora de digitar na receita! Usa-se coentro em graos. Ja corrigi no texto, obrigada por chamar minha atencao! Um bj, Flavia

  5. Carol disse

    04 mar 2011, 1:25 am

    Hum…. erva doce…. hum…. =9

  6. moranguita disse

    04 mar 2011, 9:42 am

    esta excelente este bolo cheio de semntinahs crocantes.
    beijocas

  7. Fernanda Galvani disse

    07 mar 2011, 12:41 pm

    Seu blog é de dar água na boca!
    Parabens!

  8. Vitor Hugo disse

    07 mar 2011, 9:40 pm

    Hum, esse bolo me lembrou de uma receita que surrupiei de uma revista gringa: bolo de gergelim e tal. Acho que ia tahine e óleo de gergelim.

    Aiaiai, dona Flavia sempre me influenciando! :)

  9. Lylia disse

    10 mar 2011, 5:41 pm

    Oi Flávia,
    Parabéns pelo seu inspirado blog, sempre com receitinhas maravilhosas.
    Ele, inclusive, foi fonte de inspiração para o blog que criei há alguns dias. Estou começando, mas lhe convido para fazer uma visitinha e dar sua valiosa opinião.
    Hoje postei aquele seu bolo de chocolate delicioso!
    Mais uma vez parabéns e espero que goste do meu blog.
    BJ,
    Lylia

  10. Margarida disse

    15 mar 2011, 3:55 pm

    Paaaaaaaaaaaaaaaaarabéns!!!!!
    Seu blog é maaaaaaaaaaaaaaaraaaaaaaaaaaviiiiiilhooooosooooo…
    $uuuuuuuuuuuuuuuuuce$$o…..
    Beeeeeeeeeeeijos….
    Margarida.

  11. adri disse

    02 mai 2011, 5:47 pm

    aprovadíssimo amiga!!!
    como todos que eu fiz!!!
    bjs e parabéns

  12. JoséCariano disse

    05 fev 2012, 9:37 am

    Querida amiga, deixe que a trate assim, obrigada por este presente doce, Lindo!!!!!!!.continua
    És uma senhora dota de LUZ
    JC

  13. suzana libardi disse

    01 jun 2013, 3:47 pm

    flávia,
    fiz esse bolo agora há pouco e já estou contando os minutos p ele esfriar por completo. ficou quase igual ao seu, a não ser pela calda que ficou bem mais queimada, douradinha, douradinha.
    bjs

  14. flaviapantoja disse

    02 jun 2013, 12:01 am

    Oi Suzana, eu espero que voce goste do bolo! mas eu nao entendi porque tua calda ficou queimada pois ela nao cozinha. É só misturar os ingredientes. Um bj, Flavia

  15. Gilda Velloso disse

    13 mar 2015, 11:23 pm

    Boa noite. Adorei esse bolo, só de ver! Parece deliciosos. Vou tentar fazer. Gostei deseu texto. Parabéns!Abraço.

  16. flaviapantoja disse

    14 mar 2015, 6:46 pm

    Gilda, espero que goste do bolo. É um preferido aqui em casa: um bolo cheio de personalidade! Um beijo, Flavia

Trackback URI | RSS de Comentários

comente!

Mensagem