simplesmente delícia

7 de maio de 2013

  • Eu vou falar bem baixinho para que ninguém lá em cima me ouça e resolva mudar a situação: estou adorando esse tempo frio e feio no Rio de Janeiro. E claro, frio para mim é um sinal de que podemos abrir a Temporada das Sopas. Sim, porque apesar de adorar sopas, não sou muito fã das versões frias. Ok, ok, eu nunca disse que era uma pessoa fácil nem razoável. Quer saber o quê mais?
  • Todo mundo adora o Rio de Janeiro com sol, sinônimo de praia cheia, mar azul, montanhas verdes, um monte de guarda-sóis nas areias brancas, agua de coco (que alias, aqui entre nós, eu não consigo gostar), sacos de Biscoito GLOBO, etc. e tal, mas eu tenho um enorme carinho pela chuva. Adoro chuva, adoro ver o mar escuro, adoro tempestade no céu, adoro tempestade no mar, adoro dormir ouvindo o barulho da chuva e acho graça em andar sem guarda-chuva (é serio). Falando nisso, também adoro desastres naturais. Sou capaz de passar horas navegando na internet vendo filmes de tsunamis, ondas gigantes capazes de engolir um navio cargueiro, vulcões diabólicos que acordam de repente, terremotos e outras catástrofes que assolam essa nossa Terra tão abusada por nós.
  • Mas voltando a assuntos mais ‘terrestres’, eu faço essa sopa aqui em casa há algo perto de 20 anos. Ok, talvez sejam mesmo uns 15 anos, mas parecem 20. É um clássico nosso. Não posso nem dizer que faço substituições nela porque não é o caso. Raramente desvio da receita; talvez um curry diferente de vez em quando, e é só. É sempre a mesma sopa, servida do mesmo jeito, para os dois filhos que a adoram.
  • x
  • x
  • x
  • PS: quando fui postar essa receita, o sol já havia voltado. Definitivamente há alguma conspiração contra mim…
  • ingredientes

  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 cebola pequena
  • 1 colher de chá de curry
  • 1 colher de chá de páprica
  • ¼ copo de farinha de trigo
  • 2 copos de caldo de legumes
  • 2 copos de leite (integral ou desnatado)
  • Raspas de ½ limão
  • 1 lata de milho doce de 300 gramas
  • 1 lata de atum ao natural, de 170 gramas
  • Salsinha (opcional)
  • modo de preparo

  • 1.       Pique a cebola. Ponha o azeite numa panela grande (ou uma boa panela media) e leve ao fogo baixo. Refogue a cebola até ela amolecer e ficar transparente, procurando não deixar a cebola dourar.  Junte então o curry, a páprica e a farinha. Mexa por um ou dois minutos até a cebola estar bem envolta das especiarias. Adicione então, devagar, o caldo de legumes, mexendo sem parar, e deixe levantar fervura.
  • 2.       Quando ferver, junte o leite, as raspas de limão e o milho escorrido. Deixe ferver em fogo baixo por uns 5 a 8 minutos. Mexa de vez em quando para ter certeza que não está grudando no fundo da panela.
  • 3.        Adicione então o atum escorrido e mexa para quebrar os pedaços do peixe. Ferva por mais 5 a 8 minutos em fogo medio/baixo. Sirva quente com salsinha picada.
Outras Boas Ideias: Sopa Cremosa de Tomates e Sopa de Almondegas com Massa

5 de maio de 2013

  • Eu tenho sempre um pote de molho na geladeira. Às vezes faço o molho de tahini, às vezes um simples molho de iogurte, uma vinagrete, mas tem sempre alguma coisa pronta para ser usada em legumes assados, peito de frango grelhado (a filha adora derramar um molho frio no frango quente!) ou na minha perene favorita, uma linda salada de tomates doces e bem maduros.
  • Mas eu também uso para incrementar uma massa fresca no verão, para temperar pasta de atum, ou regar um monte de folhas verdes. Esse molho com perfume de laranja fica particularmente gostoso com carnes brancas, peixes e frutos do mar. É também uma delicia com grãos e legumes como beterraba, batata, vagens etc.
  • ingredientes

  • ¼ copo de suco de laranja (1/2 laranja grande aproximadamente)
  • Raspas de uma laranja (procure não ralar a parte branca da laranja)
  • Suco de 1 limão grande
  • ½ colher de chá de açúcar
  • ½ colher de chá de sal
  • Pimenta do reino
  • ½ copo de azeite de oliva extra virgem
  • modo de preparo

  • 1.       Numa vasilha, misture o suco de laranja, as raspas de laranja, o suco de limão, o açúcar, o sal e a pimenta. Misture bem até diluir o açúcar. Acrescente então o azeite e bata vigorosamente para incorporar. Prove o molho e ajuste. Eu gosto de um pouco mais de limão. Umas poucas gotas de Tabasco ficam uma delicia aqui.
  • 2.       Guarde na geladeira e retire pelo menos 15 minutos antes de usar.

29 de abril de 2013

  • Não sei se é devido aos atuais intensos movimentos dos astros no céu, ou se é devido ao fato de que estou reduzindo a quantidade de açúcar refinado na minha dieta- e portanto o organismo está testando exaustivamente meu autocontrole, mas quando vi essa receita, me deparei como um impasse. Ou eu fazia a receita, ou eu fazia a receita. E nem era uma questão de ‘quando’ (fiz a receita no dia seguinte que a vi apenas porque não tinha chocolate branco em casa).
  • Veja bem, como eu já contei aqui anteriormente múltiplas vezes, eu tenho um fraco, um gigantesco fraco, por caramelo e sal, de preferencia na mesma frase. Isto combinado com chocolate e um crocante então é uma dose de prazer que não tem nome. E essa barra de chocolate é altamente sedutora, eternamente prazerosa, perpetuamente deliciosa. Por favor, seja feliz e indulgente com sua dieta. Se necessário, jogue a culpa em mim.
  • Este é um caso clássico aonde a copia é melhor que o original. Bem melhor.
  • Receita do Leite’s Culinaria
  • ingredientes

  • 300 gramas de chocolate ao leite
  • 1 copo de açúcar (200 gramas)
  • 80 ml de agua
  • 100 ml de creme de leite (eu uso o creme de leite fresco)
  • 230 gramas de chocolate branco
  • ½  colher de chá de sal
  • 150 gramas de amendoins salgados
  • modo de preparo

  • 1.       Unte uma vasilha de 20 X 20 cm com um pouco de manteiga. Forre com papel manteiga ou papel alumínio e unte levemente com mais um pouco de manteiga. Reserve.
  • 2.       Pique o chocolate ao leite e ponha numa vasilha. Ponha essa vasilha em cima de uma panela com quatro dedos de agua e derreta o chocolate em banho-maria (não deixe o fundo da vasilha encostar na agua fervente). Quando o chocolate estiver derretido, derrame a metade dele  na vasilha preparada, espalhando uniformemente com uma espátula. Leve ao freezer por pelo menos 40 minutos.
  • 3.       Após a camada de chocolate ao leite estar firme, faça a camada de caramelo e amendoins. Pique o chocolate branco em pedaços pequenos e reserve. Ponha o açúcar e a agua numa pequena panela. Leve ao fogo médio até derreter o açúcar. Aumente então o fogo para médio/alto e não misture mais com a colher! Após 3 a 5 minutos, a calda vai começar a caramelizar nas bordas. Mexa então a panela de um lado para o outro para que o açúcar caramelize por igual. Cozinhe por mais 2 a 3 minutos até o caramelo ficar cor de âmbar escuro. Atenção:  Não desgrude o olho da panela pois o caramelo queima muito, muito rápido e nesse caso, não há jeito além de descarta-lo e recomeçar pois ele fica rapidamente amargo.
  • 4.       Retire a panela do fogo e junte o creme de leite devagar (cuidado, pode espirrar!). Mexa até derretê-lo totalmente e acrescente o chocolate branco picado, os amendoins e o sal. Misture bem e deixe esfriar cinco minutos. Quando a calda estiver mais fria,  derrame-a na vasilha em cima da camada de chocolate ao leite. Leve ao freezer (ou geladeira, mas tem que deixar mais tempo) por mais 45 minutos.
  • 5.       Quando a camada de caramelo e amendoins estiver fria, derreta de novo, em banho-maria, o resto do chocolate ao leite. Entorne em cima da camada fria de caramelo, espalhando bem e nivelando com uma pequena espátula. Leve ao freezer ou a geladeira por pelo menos 20 minutos. A barra tem que estar fria para facilitar o corte.
  • 6.       Usando o papel manteiga (ou o papel alumínio) retire a barra da vasilha. Ponha numa superfície e retire o papel. Com uma faca afiada, corte em fatias de 2 centímetros de largura por 6,5 cm (aproximadamente) de comprimento. Guarde na geladeira ou em local bem fresco por até 5 dias.
Outras Boas Idéias: Pipocas Carameladas e Bananas Carameladas com Cardamomo e Suspiro

24 de abril de 2013

    Depois de muita negociação, a filha admitiu que já era hora de tirar os sisos.  Não que minha casa seja exatamente uma democracia nesse sentido mas eu já estava com medo de ter que chamar um anestesista ou talvez mesmo alguém com uma camisa de força para leva-la ao consultório da dentista para o procedimento. Depois de acertarmos a data, a outra preocupação era a comida. Alias a outra preocupação dela, era a comida. Eu estava somente preocupada em entregar ela a dentista e sair de lá com menos quatro sisos naquela boca que eu ajudei a criar há muitos anos atrás. Enfim, depois de muito respirar fundo e cantarolar ‘oooohms’ pela casa, marcamos a data e fui me informar sobre a dita comida. Comidas frias, e moles nos primeiros dias, e depois comidas mornas e moles. Ok, pensei, vou tirar de letra. Sorvetes, milk-shakes, mousses e estou salva.  Qual a adolescente que vai reclamar de só comer isso por alguns poucos dias? Bem, lá fui eu quebrar a cara de novo. Logico que minha filha, num momento de surto que estou tentando culpar nos analgésicos, anti-inflamatórios e a pletora de remédios que ela teve que tomar, só queria saber de ‘comida de verdade’ e comida salgada.
    • Mas eu não me dei por rogada e entre uma mousse de chocolate e uma massinha bem cozida com um fio de azeite, fiz esses picolés de frutas vermelhas que tinha congeladas em casa. A filha adora uma fruta vermelha! Usei frutas congeladas mas você pode usar frutas frescas e frutas diferentes logico (ameixas frescas, mangas, etc.). Só tome cuidado para elas estarem em pedaços pequenos ou trituradas, e para adoçar conforme a necessidade de cada fruta.
    • Alias, como eu estou tentando diminuir a quantidade de açúcar refinado da minha dieta, acabei usando nos picolés o xarope de agave que já tinha em casa. É um adoçante natural com gosto bem ameno portanto ele não compromete o perfume da comida, o que fica perfeito aqui. Mas use açúcar ou mel à gosto.
    • Receita adaptada da Martha Stewart

    • ingredientes
    • 250 gramas de morangos (ou framboesas)
    • 250 gramas de mirtilos (ou amoras)
    • ¼ copo de açúcar aproximadamente (ou mel ou xarope de agave)
    • 450 ml de iogurte natural desnatado ou integral
    • modo de preparo

    • 1.       Ponha os morangos (ou framboesas) na vasilha do processador com uma colher de sopa de açúcar. Triture até formar um creme. Tire da vasilha e reserve. Faça o mesmo com os mirtilos (ou amoras) e mais uma colher de sopa de açúcar.
    • 2.       Ponha todo o iogurte numa outra vasilha e adoce com o restante do açúcar, ou à gosto. Prove e corrija o açúcar se necessário.
    • 3.       Com uma colherzinha, ponha um pouco de iogurte no fundo das formas para picolés. Por cima do iogurte, ponha uma colher de morangos, em seguida uma colher de iogurte, uma colher de mirtilos, e vá alternando as camadas até encher as forminhas. Quando as formas estiverem cheias, pegue um palito grande (tipo churrasco) ou uma faca, e misture delicadamente de baixo para cima para as camadas se mesclarem um pouco. Basta mexer duas ou três vezes. Ponha os palitos nas formas e leve ao freezer. Para desenformar, basta deixar na geladeira uns 10 minutos ou passar as formas embaixo de agua fria até os picolés se soltarem.

    Outras Boas Idéias: Sorvete de Chocolate e Mel e Sorvete de Canela Caramelizada e Figos

    16 de abril de 2013

    • Mais uma prova de que sou mesmo uma criatura de hábitos. Aqui está minha eterna granola -com exceção de uma panqueca aqui ou um pancake ali, meu café da manhã preferido- numa variação simples e gostosa. Ao invés de figos, você pode usar ameixas ou damascos. Para os damascos, você talvez precise adoçar um pouco mais com mel ou outro adoçante de sua preferencia. Eu faço minha própria granola mas se você for comprar, use o bom senso e leia bem o rotulo. Procure uma granola sem açúcar adicionado.
    • ingredientes

    • 50 gramas de figos secos (1/2 copo do figo picado)
    • 2 ou 3 colheres de sopa de agua
    • ½ colher de chá de essência natural de baunilha (se for essencial artificial, omita-a)
    • 280 gramas de iogurte natural (desnatado ou integral)
    • ½ copo de granola
    • 2 colheres de amêndoas ou castanhas do Pará picadas
    • modo de preparo

    • 1.       Ponha o figo picado na vasilha do liquidificador. Junte duas colheres de sopa de agua e triture até formar um creme. Se necessário, adicione mais uma colher de agua mas procure não deixar o creme liquido demais. Se você for usar a baunilha, acrescente agora também.
    • 2.       Entorne todo o iogurte numa vasilha e adicione o creme de figos. Mexa e prove para ver se precisa ser adoçado. Derrame em copos pequenos até dois dedos da borda. Ponha por cima um pouco de granola (um dedo aproximadamente) e por fim, as amêndoas  ou castanhas picadas.  Cubra com filme plástico e leve a geladeira. Ou sirva imediatamente.
    Outra Boa Idéia: Granola de Cacau e Chocolate

    « Página anterior - Próxima página »