simplesmente delícia

17 de agosto de 2009

Eu adoro ervilhas e vagens e todos esses verdes. E essa receita do meu eterno amigo Ottolenghi, é uma combinação deliciosa já que as raspas de laranja ficam perfeitas com amêndoas. Eu não costumo comprar nem recomendar o uso desses óleos cheios de sabores, normalmente caríssimos, mas um bom óleo de noz ou amêndoas tem muitos usos na cozinha e pode tornar muita coisa mais interessante: ele pode ser usado para finalizar um prato (fica uma delicia em sopas!), para incrementar uma simples salada, ou em cima de legumes grelhados . Aqui nessa salada ele vem acentuar o perfume maravilhoso das amêndoas tostadas. As ervilhas e vagens podem ser cozidas de véspera, mas deixe para misturar perto da hora de servir.

  •  ingredientes

  • 400 gramas de vagens finas
  • 400 gramas de ervilhas
  • ½ copo de amêndoas ou avelãs
  • 1 laranja
  • ¼ copo de cebolinha picada
  • 1 dente de alho
  • 3 colheres de azeite
  • 2 colheres de sopa de óleo de nozes, amêndoas ou avelãs
  •  
  • modo de preparo

  • 1. Pre-aqueça o forno a 180°C. Ponha as amêndoas num tabuleiro e asse por 10 minutos. Deixe esfriar e pique grosseiramente. Reserve. Se for usar avelãs, deixe esfriar um pouco e assim que conseguir manipular, ponha numa toalha e retire as cascas esfregando as avelãs com a toalha. Pique grosseiramente e reserve.
  • 2. Lave bem as ervilhas e as vagens. Com uma faca afiada, retire o fio das ervilhas. Encha uma panela de água e leve ao fogo. Quando estiver fervendo, ponha as ervilhas e cozinhe por uns 5 minutos. O tempo exato vai depender do frescor da ervilha; mas o legume tem que estar crocante. Assim que estiver pronto, retire imediatamente, escorra e passe na água fria para parar o cozimento. Reserve.
  • 3. Repita a operação com as vagens, que vão cozinhar aproximadamente 4 minutos. mas não deixe de testar uma vagem antes de escorrê-las.
  • 4. Com uma faca muito afiada ou um utensílio especial para isso, retire a casaca da laranja, tomando cuidado para não retirar a parte branca da fruta.
  • 5. Numa vasilha ponha os óleos, a cebolinha picada e o dente de alho amassado e as raspas de casca de laranja. Junte as ervilhas e as vagens e misture delicadamente. Tempere a gosto com sal e pimenta do reino. Sirva a temperatura ambiente.
  • Outra Boa Idéia: Salada de Funcho com Sementes de Romã e Sumac
  •  
  •  

 

9 comentários

  1. Ana Paula disse

    18 ago 2009, 10:02 am

    Oba! essa é pra mim….queria realmente agradecer o fato do seu blog ter me feito perceber que eu também posso cozinhar! s receitas são simples e tem me feito experimentar misturar que eu não esperava que fossem me surpreender tanto. Tenho tido vontade de chegar em casa e passar um tempo me dedicando a cada uma de suas receitas. Obrigada, de verdade. Beijo

  2. Paula disse

    18 ago 2009, 10:42 pm

    Fazia um tempinho que eu andava sem um tempinho de passar por aqui, e olha só quantas delicias eu estava perdendo… O que é aquele bolo de crepes??? E essa salada??? E aquelas batatas???

  3. Canela disse

    19 ago 2009, 4:30 am

    Olá Flavia!
    Mais uma salada fantastica!
    E esta é bem do meu agrado e apropriada para este tempo.
    Beijos

  4. Claudia Serrano disse

    19 ago 2009, 11:01 am

    isso é culpa depois daquele bolo de panquecas!!! :P

  5. Flavia Pantoja disse

    19 ago 2009, 11:46 am

    Claudia: não é culpa não!! Na realidade eu tinha feito essa salada ANTES do bolo de panqueca!! :)

  6. gabi disse

    19 ago 2009, 1:48 pm

    a flavia nao sofre desse mau de culpa nao…
    nao engorda 1 grama! precisa ver

    bjs
    gabi

  7. Moira disse

    20 ago 2009, 8:02 pm

    Cara Flávia,
    Essa eu vou guardar para quando houver ervilhas frescas por aqui, consigo imaginar a mistura de aromas com o óleo perfumado, as avelãs e a raspa de laranja. Vou ter que provar acompanhando uma carne assada :)
    Beijo
    Moira

  8. waldecy alves feitosa disse

    01 mai 2010, 10:39 am

    Vou já fazer obrigada.

  9. Bosco Carvaho disse

    22 nov 2012, 1:25 pm

    Oi Flavia,

    Quase sempre, ao preparar as vagens de ervilhas, elas se abrem ao ser cozidas sem os fiapos laterais e não gosto muito do resultado visual.
    Você conhece algum truque culinário para evitar que as vagens se partam ao serem cozidas?
    Abraços,
    Bosco

Trackback URI | RSS de Comentários

comente!

Mensagem