simplesmente delícia

28 de outubro de 2008

Nada como a volta à rotina e às discussões de sempre. E melhor que isso, nada como uma discussão saudável sobre qual o melhor tipo de massa para uma torta salgada. Aqui em casa, meus filhos de dividem em 2 facções: massa sablée para meu filho (mais usada para quiches em geral), e a massa Phyllo para minha filha. Eu fico no meio tentando apaziguar os ânimos que podem esquentar rápido demais nessa fase… É claro que cada tipo de massa tem atrativos e inconvenientes. Mas sem duvida, a textura de cada uma é a maior diferença: enquanto a massa brisée derrete na boca, a massa Phyllo tem um crocante extremamente sedutor. E quando usada com recheios mais úmidos, ela se mantém seca por mais tempo, assim a massa não fica molhada com acontece muito em algumas quiches depois de um tempo fora do forno. Nessa torta, o crocante da massa Phyllo contrasta perfeitamente com o recheio, bem leve, de alho poró e camarões.

Essa massa é de fácil manuseio porem tem que se respeitar uma regraa: ela resseca muito rápido, então enquanto manuseia uma folha, procure manter as outras cobertas por um pano umedecido.

 

  • ingredientes

  • 1 caixa de massa phyllo (congelada, encontra-se em bons supermercados)
  • 300 gramas de camarão limpos e sem casca
  • 5 alhos- poró
  • 1 laranja
  • 50 ml de vinho branco
  • 60 gramas de manteiga
  • 300 gramas de creme de leite fresco
  • 2 ovos + 2 gemas
  • Sal e pimenta a gosto
  • modo de preparo

  • 1. Deixe os camarões no suco de laranja e no vinho branco marinando por 20 minutos. Lave os alhos-porós e corte as folhas verdes. Descarte as partes verdes ou use para fazer caldo de legumes. Corte as partes brancas em rodelas finas e refogue em 20 gramas de manteiga. Tire do fogo e deixe esfriar.
  • 2. Pré-aqueça o forno a 210° C. Derreta o resto da manteiga numa panelinha e pincele um pouco em uma forma de aproximadamente 24 cm.
  • 3. Escorra os camarões e reserve o liquido. Numa panelinha, ferva esse líquido da marinada (vinho+suco de laranja) em fogo alto ate diminuir de volume em 2/3. Deixe esfriar.
  • 4. Separadamente, numa tigela, bata levemente os ovos e as gemas com o creme de leite, o sal e a pimenta a gosto. Adicione o alho-poro, o liquido da marinada e os camarões.  Reserve enquanto prepara a forma com a massa Phyllo.
  • 5. Abra a massa Phyllo com cuidado. Pegue uma folha de cada vez, pincele manteiga derretida em cada folha, e forre a forma, sobrepondo cada uma, como um leque. Deixe as folhas caírem um pouco para fora. Enquanto trabalha com uma folha, deixe as outras cobertas por um pano umedecido pois a Phyllo resseca muito rápido e fica impossível de manusear.
  • 6. Quando a forma estiver pronta, ponha o creme de camarões. Dobre as pontas que tiverem sobrado para fora por cima, como um envelope. Leve ao forno até dourar, aproximadamente 25 minutos. Sirva com uma salada verde ou uma salada de tomates regada com um fio de azeite (ou encharcada com vinagre balsâmico como prefere minha adorável filha..)

 

17 comentários

  1. Ana Paula Rocha disse

    29 out 2008, 10:21 am

    Nossa! fiquei com água na boca de ver essa foto…..Me deu uma fominha e ainda falta uma hora para o meu almoço. O pior é que não vai ter nada parecido com isso para comer (rsrsrsrsr). Quando é que você vai preparar uma dessas para mim? Eu reconheço que meus dotes culinários estão muito aquém de conseguir executar essa receita. Fico contente de reconhecer meus limites e apelar para os amigos para ajuda!
    O blog está incrível e as fotos lindas!
    Beijo grande
    Ana

  2. Luciana Macêdo disse

    29 out 2008, 3:19 pm

    Sempre preparo as massas, menos folhadas, para as minhas tortas, vou experimentar usar a massa phyllo, é prática e muito boa. Gostei da dica.
    Bjs!

  3. nath disse

    29 out 2008, 4:08 pm

    Oi Flavia, tudo bem?
    Vi seu site no Radar55 há um tempinho, e desde então freqüento sempre que posso. Sou apaixonada por tudo aqui: o layout, as fotos, seus textos explicativos e carinhosos e, principalmente (como não poderia deixar de ser!), as receitas.
    Você parece fazer tudo com tanto cuidado e dedicação que nos deixa superinspirados!
    Cada vez chego mais à conclusão de que meu amor pela gastronomia é não-correspondido, já que, mesmo com receitas em mãos, dificilmente os pratos ficam da maneira como eu gostaria.
    De qualquer forma, é sempre um deleite passar por aqui e ficar com água na boca.
    Parabéns! :))
    beijos,

  4. Flavia -Simplesmente Delicia disse

    29 out 2008, 5:52 pm

    Ana: è só aparecer!!! agora que estou com o livro do Ottolenghi, vou precisar de muitas cobaias !!! beijos e saudades

    Luciana: as massas feitas em casa sao sempre as melhores mas essa Phyllo é muito dificil de fazer. A versao congelada é bem legal, fininha e de facil manipulaçao. Me diga o que achou !!

    Nath: que bom que voce está gostando! Nao desanima com a cozinha nao. O fato de voce gostar de cozinhar (e de comer!!) é o mais importante. O resto vem com a pratica mesmo !!Volte smepre e me diga como estao indo as tuas tentativas!

    Beijos

  5. claudia disse

    30 out 2008, 12:23 pm

    esse negócio de ter cobaias por perto… e eu?!?!?!?! :P

  6. Patricia Feitoza Albuquerque disse

    30 out 2008, 5:17 pm

    Olá Flávia,

    Adorei a sua receita, mas, infelizmente, não encontrei a massa Phyllo para comprar.
    Tentei no supermercado Zona sul e em algumas delis,mas nada!
    Vc poderia me informar algum lugar para comprar.
    Parabéns pelo site!

    Bjos Patricia.

  7. Bia disse

    31 out 2008, 9:23 am

    Entrei para perguntar a mesma coisa do que a Patricia, queria fazer a torta esse final de semana. Então procurei em varios Zona Sul e não encontrei essa massa. Seria a mesma massa para folheado?!

    Beijo,
    Bia

  8. Flavia -Simplesmente Delicia disse

    31 out 2008, 10:13 am

    Patricia e Bia: Eu acho sempre no Mundial ,por incrivel que pareça… :) Vou até mandar essa sugestao pro Zona Sul porquê nao tem razao deles nao terem essa massa tambem. Boa sorte ! um Bj, Flavia

  9. Bia disse

    31 out 2008, 10:20 am

    Que ótimo flávia! Vou lá, então.

    Bjo

  10. iracema disse

    05 nov 2008, 8:41 am

    Oi Flavia, A foto é linda. Se a minha não ficar igual, vou ficar louca! adoro pratos c cores ( é o meu forte ).

  11. Maria G. disse

    01 set 2009, 11:53 am

    Não tinha muita coisa para dar certo… uma massa de manuseio aparentemente delicado, camarão, redução, alho poró (que eu costumo achar que pode ficar com ranço de alho mesmo…), sexta feira a noite, meu marido e eu cansados… mas resolvi encarar ja que o camarão tinha sido descongelado, o creme de leite fresco comprado e ia acabar tudo estragando (não sou chegada a desperdicio de comida). E foi uma sabia decisão: a receita não parecia mas é de simples e rapida execução, a torta ficou incrivel (de boa e bonita), ficamos nos sentindo uns PRO!!! Ai ja saio fazendo planos de convidar os amigos, chamar a familia, tanta gente que no corre corre ficamos sem ver tempo demais… enfim foi um boost no ego e no animo!
    Obrigada e beijos

  12. raqs disse

    04 out 2010, 7:55 am

    Flavia, experimentei esta quiche há uns dias. É fantástica, parabéns!
    Sou super fã do seu site, adoro cozinhar e sempre que tenho um tempinho experimento as suas receitas que são as melhores do mundo!
    Obrigada! ;)
    um beijinho
    R

  13. flaviapantoja disse

    04 out 2010, 8:26 am

    Oi R: que bom que voce gostou! É uma das preferidas do meu filho, que ama alho-poro. Um bj, Flavia

  14. Natachasteven disse

    20 jun 2012, 9:26 pm

    J’adore ton blog, il est super cool!

  15. Cecilia disse

    27 jun 2012, 10:11 pm

    Oi Flávia,
    Fazia tempo que eu namorava essa torta e hoje me animei para experimentá-la.
    Foi até mais fácil do que eu imaginava mas na hora de manusear a massa phyllo percebi que ela veio em folhas beeem grandes. Era quase um rolo inteiriço, sem cortes.
    A gente que tem que cortar a massa? Eu fiz isso, em pedaços mais ou menos de 12cm de largura.
    Forrei uma vez a forma e como ainda tinha sobrado massa, fiz várias outras camadas.
    É assim mesmo?
    Tirando essa dúvida, a torta fez sucesso! Adorei o gosto suave do camarão com alho-poró.
    Obrigada por compartilhar essa maravilha conosco!

  16. flaviapantoja disse

    28 jun 2012, 9:21 am

    OI Cecilia, a Phyllo é delicada de manusear mesmo. Sim, voce tem que corta-la e sobrepor cada camada. Eu corto a massa em pedaços do tamanho da forma mesmo, mas deixo o pedaçõ quadrado (não faço circulo porque complica muito). Cada camada tem que ser pincelada com a manteiga derretida. E voce vai sobrepondo os pedaços de massa, sempre girando um pouco a posição para cobrir toda a forma. Depois que voce pega o jeito, é rapido! Um beijo,Flavia

  17. Cecilia disse

    28 jun 2012, 11:24 am

    Obrigada pela resposta, Flávia!

    Outra dúvida: os pedaços de massa tem que ficar bem lambuzados de manteiga ou apenas levemente?

Trackback URI | RSS de Comentários

comente!

Mensagem