simplesmente delícia

11 de março de 2013

  • Eu tenho dois grandes amores: chocolate e caramelo. Ok, também tem os filhos, a família, os amigos, etc. mas estou assumindo que isso é a regra para todo mundo (apesar dos meus filhos adolescentes ocasionalmente me fazerem repensar esse dogma). E pensando bem, talvez o caramelo esteja no topo da lista afinal chocolate virou uma coisa tão ‘lugar comum’ que é preciso ser algo verdadeiramente interessante para meu cerebelo entrar em estado de alerta.
  • Já o caramelo é um caso serio. Caramelo e sal na mesma frase então, e eu fui à lua e voltei em meio segundo. O curioso é que o caramelo já vem imbuído de algo tão profundamente pecaminoso, de uma certa luxuria e um toque de excesso que faria de um Baco já formoso, um Deus ainda mais orgulhoso.
  • Ele nada mais é do que uma simples calda de açúcar queimado e creme de leite, ao mesmo tempo melada, cremosa e perfumada, que tem essa facilidade de combinar com tantas coisas deletáveis (sorvetes, frutas, chocolate, bolos, biscoitos, etc.), se dispõe a uma infinidade de variáveis (o sal e apenas uma delas mas você já experimentou suco de laranja no caramelo?) e tem essa eximia capacidade de me fazer sorrir apenas com uma olhada.
  • A maioria das pessoas acharia isso ridículo mas quando se está apaixonado, nada é tão abstrato ou bobo que não possa ser considerado bonitinho.
  • A receita original é do blog http://www.cilieginasullatorta.it
  • ingredientes

  • 150 gramas de chocolate amargo, com no mínimo 55%cacau (eu usei o Garoto Cacau 55%)
  • 100 gramas de chocolate ao leite
  • 90 gramas açúcar (1/2 copo bem raso)
  • 200 ml de creme de leite fresco
  • 30 gramas de manteiga salgada, a temperatura ambiente
  • 1 colher de chá de flor de sal
  • ½ copo, aproximadamente de cacau em pó
  • modo de preparo

  • 1.       Pique todo o chocolate em pedaços bem pequenos. Ponha tudo numa vasilha media e reserve.
  • 2.       Ponha o açúcar numa panela. Derreta em fogo médio/baixo, vigiando constantemente para não queimar. Assim o açucar estiver todo derretido,  o caramelo ficar cor de âmbar e começar a sair fumaça (sinal de que está queimando), tire do fogo e junte o creme de leite. Misture e leve de volta ao fogo, mexendo sem parar para derreter o caramelo que endureceu no contato com o creme. Cuidado para não deixar o creme ferver. Se começar a esquentar demais, tire a panela do fogo, misturando sem parar, deixe amornar, e volte para o fogo. Quando o caramelo tiver derretido no creme, tire do fogo, junte o sal, misture e entorne imediatamente no chocolate picado.
  • 3.       Espere 5 minutos e mexa com cuidado para homogeneizar o creme. Pique então a manteiga e incorpore ao creme de chocolate. Misture e deixe o creme chegar à temperatura ambiente . Cubra então com um filme plástico e leve a geladeira por no mínimo 6 horas.
  • 4.       Retire o creme da geladeira. Ponha o cacau em um prato fundo. Com colheres pequenas e mãos bem limpas, faça bolinhas de chocolate e role-as no cacau. Ponha-as à medida que ficarem prontas numa vasilha com tampa, sem empilhar, e leve a geladeira . Elas precisam gelar umas 6 horas pelo menos. Retire-as da geladeira uns 15 minutos antes de servir, mas mantenha-as na geladeira bem tampadas (especialmente se você morar em um lugar quente).
Outra Boa Ideia: Trufas de Chocolate ao Leite e Maracujá

 

22 comentários

  1. Eloisa Vidal Rosas disse

    11 mar 2013, 6:13 pm

    Uhu! Obrigada, querida Flávia! Será o regalo de Páscoa para a minha família! Estou me sentindo pessoalmente presenteada, porque atormentei você pedindo esta receita… Beijão.

  2. Ana disse

    11 mar 2013, 6:43 pm

    Flávia, fiz promessa de não comer chocolate até a Páscoa, isso é maldade…
    Bem, acho que posso esperar até lá, mas vai ser a primeira coisa que vou fazer!

  3. Laís Carvalho disse

    11 mar 2013, 9:25 pm

    Flávia, essa linda que anima as mais tristes segundas postando algo assim.
    Confesso que foi aqui que aprendi a comer caramelo salgado, assim como a colocar flor de sal na pasta de chocolate e comer com pão, e assim como apreciar uma boa geléia de pimentões com mousse de chocolate.
    Essas trufas são tão simples, que acho que posso me habituar a come-las também.

    Ah, e há tempos gostaria de te perguntar mais fiquei contrangida. Espero que não se chateie, mas lá vai: gostaria de saber como você faz para trazer manteiga quando vai à França. Se ficar ofendida, juro que não precisa responder. Mas ficaria agradecida se me ajudasse a alimentar meu vício!

    Abraços.

  4. flaviapantoja disse

    11 mar 2013, 10:02 pm

    Oi Laís, obrigada pelo carinho! A minha maior recompensa é saber que o blog fez voce provar coisas novas e diferentes! Adorei! Quanto a manteiga, nao precisa ficar constrangida: eu as trago na mala despachada (não a mala de mão), embrulhadas em jornal ou papel grosso. Nao tem misterio! E chegando aqui no Brasil, eu as congelo. A manteiga congela muito bem. Um beijo, Flavia

  5. Claudia Guimarães Simoni disse

    12 mar 2013, 2:25 pm

    Ei Flávia,

    Laís tem razão esta Flávia fica nos acostumando bem.
    Esta manteiga é com flor de sal? Já viu que no Zona Sul tem uma com a tampa azul escuro?
    Flávia vc já viu um açúcar que explode na boca? Comi um dia deste na casa de uma amiga que é uma expert - que nem vc. Ela comprou no Bon Marché.
    Beijos,
    Cláudia Maria

  6. Marisa Valadas disse

    14 mar 2013, 1:26 pm

    Absolutamente maravilhosas!

  7. Pammela disse

    15 mar 2013, 11:11 am

    Flávia, você descreveu o mesmo sentimento que tenho por esses dois seres da receita!
    Parece que já sinto o sabor na boca!

    Adoro o jeito que você comenta suas receitas, realmente dá pra ter certeza do seu amor pela comida!

    Bjos e parabéns pelo blog!

  8. Thalita disse

    18 mar 2013, 4:28 pm

    Oi Flávia, tudo bem?
    Vc sabe me dizer se dá pra fazer o caramelo com açúcar cristal? É que prefiro usar açúcar orgânico… O modo de fazer é o mesmo?
    obrigada!

  9. flaviapantoja disse

    18 mar 2013, 8:20 pm

    Oi Thalita, já tem açucar comum, organico, no mercado. De qualquer forma, eu não sei te dizer se daria certo com o cristal. Pelo menos, eu nunca vi. Um beijo,Flavia

  10. Thalita disse

    18 mar 2013, 9:34 pm

    Jura? Nunca vi, vou procurar. Hj tentei fazer uma calda com o cristal e nao deu muito certo. Nao vou arriscar.
    Obrigada pela resposta!

  11. Anamaria disse

    20 mar 2013, 11:34 am

    Olá Flávia!
    Quando você fala em creme de leite fresco em mililitros, você se refere àquele creme de leite chantilly?
    Obrigada desde já!

  12. flaviapantoja disse

    20 mar 2013, 4:40 pm

    Anamaria, eu me refiro ao creme de leite fresco, que fica na geladeira dos supermercados, e que serve tambem para fazer chantilly. Não é o creme ja batido em chantilly. Um bj, Flavia

  13. Cecília disse

    20 mar 2013, 10:04 pm

    Descobri seu blog hj e vi TODOS os posts!!! Gravei zilhões de receitas pra reproduzir, tô frita!!! Rsrsrsrsrs!
    Parabéns, seu vlog é divino!

  14. Tatiana disse

    23 mar 2013, 2:12 pm

    Essas trufas fizeram a minha alegria! Sou viciada em caramelo + flor de sal e agora a combinação deles e chocolate ficou ainda mais saborosa!

  15. Fernanda disse

    24 mar 2013, 6:08 pm

    Ola, descobri o blog esses dias a amei. Mas tenho algumas duvidas, o acucar que usa é o refinado ou o cristal? E o copo que se refere nas receitas é de qual tamanho??o equivalente A xícara?

  16. flaviapantoja disse

    24 mar 2013, 8:42 pm

    Oi Fernanda, eu uso o copo padrão de 250 ml. Quanto ao tipo de açpucar, se ele nao é especificado (mascavo, confeiteiro, cristal etc), é o açucar comum, refinado. Um bj, Flavia

  17. Fernanda disse

    26 mar 2013, 10:09 am

    Oi Flavia. Adoro seu blog e fiquei louca com essa receita, tanto é que fui correndo pra cozinha e fiz as trufas para dar de presente na Páscoa. Mas fiquei um pouquinho decepcionada, o sabor é incrível mas elas ficaram molengas, tipo assim, passados uns 10 minutinhos fora da geladeira a trufa quase vira uma mousse… Vc sabe o que pode ter acontecido de mal? segui a receita direitinho.É assim mesmo? Bjs!

  18. flaviapantoja disse

    26 mar 2013, 1:09 pm

    Fernanda, essa trufa é delicada mas ela não fica mole em 10 minutos! Voce a deixou gelar o suficiente? Isso faz muita diferença aqui. Na receita eu menciono 6 horas, mas o ideal é mesmo de um dia para o outro (as trufas prontas).  Um beijo,Flavia

     

  19. Noemi disse

    31 mar 2013, 7:21 pm

    MEOOOOOo DEUSSSSS….

    Essa trufa fica DIVINA!
    Confesse que fiquei apavorada de fazer o caramelo, pq sempre ví na TV, mas tinha medo daquele negócio explodir na minha cara…
    Não deu muito certo mesmo, aparentemente o creme de leite talhou! mas fui até o fim da receita hahahah com creme de leite talhado e sem flor de sal, foi o sal do Himalaia mesmo (o mais próximo que eu tinha aqui em casa).
    Resultado: até o marido, que não curte muito doces, achou expetacular! MUITO OBRIGADA!!!
    Fiquei fã do caramelo + flor de sal, e juro que da próxima vez, vou com menos fogo no creme de leite rsrsrs

  20. Tatiana disse

    05 mai 2013, 1:29 pm

    Olá Flavia, nós do eat girls amamos o seu blog! Na última páscoa movida pela minha (também) paixão por caramelo e flor de sal fiz caixinhas para presentear pessoas queridas!

    Um delícia de trufa, uma ode ao amor!
    Lindo post, lindo doce…

    beijos

  21. Tania J. Duffy disse

    19 mai 2013, 2:23 pm

    Devo dizer que a primeira tentativa – nunca tinha feito trufas – saiu gorada já que as minhas conversões de medidas são sempre um desastre. À segunda foi de vez e devo dizer que estas trufas ficaram simplesmente deliciosas. E o aspeto… bom, acho que na sua imperfeição, ficaram simplesmente perfeitas.

  22. Ana Cláudia disse

    23 jun 2013, 12:12 am

    Amo seu blog!!! E acabei de descobrir o que fazer com o creme de leite fresco que sobrou da barra de caramelo, amendoim e chocolate. :-) Há tempos eu não provava nada tão simples e delicioso quanto caramelo com sal… Beijo e obrigada!!

Trackback URI | RSS de Comentários

comente!

Mensagem