simplesmente delícia

19 de fevereiro de 2013

  • Panquecas, ou ‘crèpes’ com eu as chamo, são um pedacinho de minha infância. Quando eu estou triste e desanimada, é exatamente do que eu tenho vontade.  Com um pedacinho eu volto correndo para um passado talvez distante em números, mas muito próximo em vividez, quando a infância faz agente acreditar num Mundo mais justo, em uma vida (quase) sem problemas, em amores sem fim. E com um pedacinho de ‘crèpe’ com açúcar e Grand Marnier, eu passo a achar que as coisas tem solução sim, que os problemas não são tão grandes quanto eles me fazem parecer, que o Mundo tem jeito, que as pessoas não são tão ruins, que apesar do calor que está fazendo no Rio de Janeiro, essa cidade continua linda (ok, essa eu não tenho certeza que a panqueca ajude…).
  • Eu tenho a impressão de que muitas pessoas acham panquecas um pouco assustadoras, mas elas realmente são fáceis. A qualidade da frigideira faz diferença aqui.
  • Dicas:
  • - para uma massa mais leve, use metade leite, metade agua. Ou cerveja.
  • - o repouso da massa é necessário para umedecer o amido da farinha, o que torna as panquecas mais leves. Mas…
  • - Se você está sem tempo para esperar uma hora, use o leite quente na hora de preparar a massa. Se você for usar cerveja, o tempo de espera é necessário (tem a ver com o fermento da cerveja).
  • - Doure as panquecas sempre em fogo médio/alto. Um fogo baixo vai resseca-las pois vão cozinhar por mais tempo.
  • -Se a massa estiver grossa demais, junte 1 ou 2 colheres de sopa de agua.
  • - Ao invés de manteiga, você pode usar óleo na massa.
  • - Para fazer panquecas salgadas, reduza a quantidade de açúcar para 1 colher de chá. Mas não esqueça, açúcar, assim como sal, é um tempero.
  • - Use uma frigideira pesada, de boa qualidade, para que a massa doure por igual. Fica mais fácil se a frigideira for antiaderente.
  • - Não se preocupe em fazer a panqueca saltar da frigideira com uma mão em manobras pirotécnicas! Não faz diferença se você virar a panqueca com os dedos ou com uma espátula!
  • Essa receita faz 12 panquecas de 22 centimetros aproximadamente.
  • ingredientes

  • 250 gramas de farinha de trigo
  • 3 ovos
  • 500 ml de leite (ou 250 ml de leite e 250 ml de agua)
  • 30 gramas de manteiga derretida ou azeite de oliva (2 colheres de sopa)
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 2 colheres de sopa de Rum, Conhaque, Cachaça, etc. (opcional)
  • modo de preparo

  • 1.       Se você tem um liquidificador, ponha ovos e leite no copo do mesmo. Bata um pouco e em seguida adicione a farinha e o resto dos ingredientes.  Bata até formar um creme homogêneo. Pare o liquidificador e deixe a massa repousar pelo menos uma hora. Eu deixo a massa no próprio copo do liquidificador e o deixo na geladeira.
  • 2.       Na falta de um liquidificador, ponha a farinha, sal e açúcar numa vasilha. Adicione a metade do leite devagar, misturando com uma espátula. Quando o leite estiver incorporando junte os ovos (previamente levemente batidos), o resto do leite, a manteiga derretida, o sal e o açúcar, e o álcool se for usar. Misture bem até formar um creme homogêneo e deixe a massa repousar pelo menos uma hora.
  • 3.       Esquente uma frigideira de bordas baixas em fogo médio/alto. O fogo baixo resseca a crepe.  Derreta um pouco de óleo ou manteiga na frigideira e retire o excesso com um pedaço de papel absorvente. Mantenha a vasilha com a massa do lado do fogão. Usando uma pequena concha, derrame massa na frigideira quente e rapidamente mexa a frigideira de um lado para o outro, espalhando a massa por toda a superfície.
  • 4.       Deixe a massa dourar até as bordas começarem a soltar. Levante um pouco a massa com os dedos ou com uma espátula para ver se a panqueca está levemente dourada. Se estiver, vire-a para dourar o outro lado. É muito rápido, aproximadamente 1 minuto de cada lado.  Entorne a panqueca pronta em um prato e retorne imediatamente a frigideira para o fogo para continuar a preparar outras. Se necessário, aqueça o forno em temperatura bem baixa e mantenha as panquecas ali, cobertas de papel alumínio enquanto termina de preparar todas.
  • 5.       Você pode congelar as panquecas prontas, separando-as com um pedaço de papel manteiga.
Outras Boas Idéias:  Panquecas de Forno e Pancakes (as americanas)

 

10 comentários

  1. Ana Rita Lebreiro disse

    19 fev 2013, 3:43 pm

    Gosto muito de crepes, sou capaz de comer um prato cheio :)
    Não sabia desse truque de usar água para a massa ficar mais leve, eu deixo sempre a massa repousar muito tempo… consegui a leveza por aí.
    bjs

  2. Leticia Zero disse

    19 fev 2013, 5:01 pm

    Que delícia! Essas panquecas têm também um gostinho de infância pra mim. Lembro que quando minha mãe preparava panquecas recheadas de carne para o jantar, era sempre mais massa que recheio. Então sobravam várias panquecas preparadas sem recheios, e a gente comemorava no café da manhã comendo-as com mel e manteiga.

  3. Addicted disse

    19 fev 2013, 6:01 pm

    Adoro crepes com uma bola de gelado…
    beijinhos :)

  4. grazi disse

    20 fev 2013, 12:58 pm

    perfeitas!!

  5. Carine disse

    20 fev 2013, 7:27 pm

    Cruzamento de ideias! Acabo de fazer panquecas para os meus filhos hoje á noite e vi seu post. À parte uns gramas por aqui ou por ali, a minha receita é a mesma e para obter leveza adiciono 10 gramas de “poudre à lever” (a metade de um saquinho). Deixo você traduzir… É fermento em pó não? E deixo descansar uma boa hora.
    Em fin, se as panquecas não forem o suficiente para o moral, estou aqui para o que der e vier!0) bisous

  6. Carol disse

    21 fev 2013, 3:33 pm

    Crepes com manteiga sem sal e um punhado de açúcar tem gosto de infância para mim… <3

  7. Helena disse

    16 mar 2013, 8:40 pm

    Fiz essa massa hoje e segui as instruções para o cozimento. Uma palavra apenas: Divina!

  8. Marina disse

    29 mai 2015, 7:05 am

    bom dia Flavia! Sou apaixonada por crepes! Acabei de voltar da França onde me esbaldei! Vc já fez galettes? Aquelas de trigo sarraceno? Tenho procurado receitas mas fico na duvida, pois umas são com água outra com leite… A original é como? Vc saberia dizer? Acho o restaurante Le blé noir simplesmente incrível! Trouxe uma super crepeira de viagem agora e quero muito fazer! Bjs e obrigada

  9. flaviapantoja disse

    29 mai 2015, 6:36 pm

    Marina, o uso de agua ou leite é basicamente uma preferencia da pessoa. De uma forma geral, as crepes com agua são mais leves do que as preparadas com leite. O mais comum, eu diria, são as feitas com agua, mas acho que voce deve testar as duas formas e decidir qual tua preferida. O essencial nas ‘crèpes au blé noir’ é mesmo a farinha! Bjs, Flavia

  10. Carla Coldebella Dalbosco disse

    08 jul 2018, 6:30 pm

    Vou fazer as panquecas

Trackback URI | RSS de Comentários

comente!

Mensagem