simplesmente delícia

29 de agosto de 2011

  • Chega o final de semana e eu gosto sempre de ter um coringa na geladeira. Alguma coisa que me permita fazer uma refeição sem ter que fazer grandes produções. O curioso é que aqui na minha casa eu cozinho mais durante a semana do que nos finais de semana. Mas isso não quer dizer que eu não queira comer direito. E quando vi a ideia de um hummus de manjericão, sabia que tinha que brincar com ela. Eu sempre soube que tinha um pé (ou dois, dependendo da época) no Oriente Médio e tahini, flor de laranjeira, especiarias, etc. é comigo mesma.
  • Pus meu cérebro entorpecido pelo sol que resolveu aparecer aqui no Rio de Janeiro esse final de semana para funcionar e achei melhor omitir o tahini já que queria que o manjericão, tão perfumado, fosse a estrela da festa. Fiz uma versão sem as castanhas do Pará mas quando as acrescentei, o hummus realmente mostrou toda sua gloria. O manjericão tornou o hummus  mais leve e prazeroso.
  • ahah
  • ahah
  • Então depois de assistir um delicioso filme com o Mr. Darcy- digo Colin Firth: esse homem deveria ser obrigado por lei a sair carregando um desfibrilador para os corações de pessoas como eu- me abracei a um sanduiche de agrião, mozzarella e hummus de manjericão. O sanduiche me arrancou quase tantos suspiros quanto o querido Mr. Darcy, é verdade. Depois usei o mesmo hummus, um pouco mais diluído (com mais um pouco de agua e azeite) como molho de salada. Eu não testei mas posso apostar que esse hummus fica uma delicia em cima de um peito de frango grelhado (numa refeição bem pouco calórica já que fora o azeite, o hummus não tem outra gordura) ou então em cima de ovo cozido ou até um filé de peixe branco assado com um fio de azeite. Se você não tiver tempo de cozinhar os grãos de bico, use o grão em pote, já cozido.
  • Receita adaptada da Simply Recipe
  • ingredientes

  • 300 gramas de grãos de bico crus (ou 2 potes de grãos de bico em conserva, de 400 gramas cada, escorridos)
  • Bicarbonato de sódio (opcional)
  • 4 copos de manjericão fresco (só as folhas)
  • ½ copo de azeite de oliva extra-virgem
  • 100 gramas de castanhas do Pará (orgânicas de preferencia)
  • 2 limões (suco)
  • 3 dentes de alho
  • Sal e pimenta tipo Tabasco ou Sriracha
  • modo de preparo

  • 1.       Na véspera, ponha os grãos de bico de molho em bastante agua. Se você tiver bicarbonato de sódio em casa, ponha 1 colher de sobremesa na agua. Isso vai ajudar a amolecer as peles dos grãos de bico.
  • 2.       No dia seguinte, escorra os grãos e ponha-os numa panela grande com agua, sal e mais uma colher de bicarbonato. Leve ao fogo médio e cozinhe até os grãos estarem bem macios. Isso pode levar de 1 a 2 horas, vai depender da qualidade e frescor do grão de bico que você usar.  Escorra e reserve os grãos.
  • 3.       Pré-aqueça o forno a 180C. Leve as castanhas ao forno por uns 10 minutos ou até elas estarem ligeiramente douradas. Retire do forno, pique grosseiramente e reserve.
  • 4.       Na vasilha do processador, ponha os grãos de bico escorridos, o manjericão, o alho picado, o azeite, as castanhas (reserva algumas para decorar) e o suco de 1 limão; processe toda a vida até formar um creme bem liso. Isso pode demorar!  Se sua maquina esquentar , pare-a , deixe a esfriar e volte a processar. Queremos uma pasta bem lisa.
  • 5.       Pare o processador, e prove. Eu gosto de um pouco mais de limão então adiciono o suco do segundo limão. Tempere com sal e alguma pimenta vermelha tipo Tabasco ou Sriratcha. Provavelmente o hummus vai estar grosso demais apesar do suco dos dois limões: use então um pouco de agua para diluir. Vá adicionando a agua com o processador ligado , aos poucos até obter a consistência desejada.
  • 6.       Pare de novo a maquina, ajuste o tempero, e sirva a temperatura ambiente com pedaços de pão pita e/ou torradinhas.


  • Outras Boas Idéias: Hummus Tahine e Purê de Beterraba e Couve-Flor Assada com Molho Tahine

 

13 comentários

  1. Cristina disse

    29 ago 2011, 9:11 pm

    Olá, esse hummus de manjericão parace delicioso…receita anotada!
    Quanto ao Mr.Darcy que me arranca suspiros e me dá taquicardia é o da filmagem de 2005, Matthew Macfadyen…ahhhhh!!rs…
    Boa semana…

  2. Marina Maria disse

    29 ago 2011, 10:02 pm

    Que idéia ótima, Flávia. Estou sem processador, a vida tá um pouco mais difícil… mas assim que comprar essa receita tá no topo da lista. Eu sempre cozinho grão-de-bico em grandes quantidade e congelo, e essa é uma ótima forma de aproveitá-los. Será que daria certo com castanha de caju?

    Beijoca!

  3. marina mott disse

    29 ago 2011, 10:14 pm

    Parece muito bom…o homus, pq o Mr Darcy…uh lálá!! beijo!

  4. flaviapantoja disse

    29 ago 2011, 11:02 pm

    Marina Maria, com certez dá certo com castanha de caju! Depois conta pra gente… Um bj, Flavia

  5. Verena disse

    29 ago 2011, 11:16 pm

    Flavia,
    que ótima idéia! Nunca imaginei fazer um hummus sem tahini e com manjericão! Deve ser muito refrescante!
    Adorei as sugestões, como sou fã de Castanha do Pará imagino o sabor que deve ser!
    Mais uma vez, arrasou!
    Um beijo!

  6. Luciane disse

    31 ago 2011, 11:47 am

    Flávia,
    Conheci seu blog há pouco tempo e fiquei encantada. Adoro suas receitas! Já fiz algumas e estou com uma lista enorme para testar… E essa, com certeza, já foi incluída.
    Parabéns!

  7. Maria Machado disse

    01 set 2011, 9:33 pm

    Boa noite blogueira querida….hoje decidi meu prato de final de semana, não só porque adoro homus…mas em homenagem ao meu personagem favorito: MR. Darcy!…jantarei revendo a eterna cena da camisa molhada….amazing!
    Grata pela dica! PS: MS. ELIZABETH BENNET tb merece homenagens…que tal uma sobremesa?! Com chocolate…hummm

  8. Isabela disse

    03 set 2011, 11:00 am

    Oi querida,

    Ontem fiz a pasta. Coloquei 2 copos só do manjericão e não pus pimenta (porque aqui em casa nós não somos muito fãs do picante), e pus 1 limão só. Ficou uma delícia, Flávia. O manjericão deu um toque diferente - mas só um pouquinho, porque eu ADORO o hummus tradicional, e foi um avanço. Como a quantidade da receita é grande, resolvi levar um pouco para o almoço na casa da Mamae hoje, e isso foi fonte de discussão. Posso? Ninguém queria levar para lugar nenhum.

    Enfim, um sucesso. Super obrigada DE NOVO!!!

    Um grande beijo,

    Isabela

  9. flaviapantoja disse

    03 set 2011, 11:19 am

    Isabela, eu me recuso a entrar no meio dessa discussão pois tenho muito carinho pela tua mãe!!!! :)) Bjs querida!

  10. Janaina disse

    02 out 2011, 6:14 pm

    Flávia,
    A receita é incrível, mas não entendi onde adicionar a castanha. Ela é servida por cima ou pode ir para o processador também?
    Bjos,

  11. flaviapantoja disse

    02 out 2011, 6:35 pm

    Janaina, as castanhas são trituradas junto com os outros ingredientes. Já está corrigido no texto! um bj, Flavia

  12. Raquel disse

    17 jan 2013, 6:27 pm

    Olá tudo bem?

    Castanhas-do-para organicas? Aqui quando queremos comer castanhas vamos ali na mata adentro e pegamos as bolas que já estão no chão, partimos as bolas, tiramos as castanhas, pegamos uma pedra e quebramos a castanha e comemos ali mesmo. Que delicia! Bem crocantes e cheia de leite! Já comi ela industrializada eles tiram todo a leite para não estragar, uma pena pois nem parece as deleiciosas castanhas que comemos na mata, embaixo das castanheiras!
    Gostei muito de seu blog, encontrei por acaso!

  13. Ivna disse

    06 mar 2014, 10:48 am

    Flavia,só conheci seu blog essa semana e estou totalmente encantada doida para testar várias receitas, pena que você não está mais atualizando espero que essa parada acabe logo hehe.
    Um abraço!

Trackback URI | RSS de Comentários

comente!

Mensagem