simplesmente delícia

29 de junho de 2010

  • Eu estou numa fase “qualquer coisa fica melhor com ovo pochê”. Não sei como vivi tanto tempo sem ele: onde estava meu bom senso? As opções são tantas: numa sopa, em saladas, em sanduiches (montes de rúcula, tomates secos ou frescos) e até em cima de um macarrão cabelinho de anjo, com um pedacinho de manteiga (Aviação ou President com sal) e umas pitadas de flor de sal. E se a quantidade de variantes não fosse o suficiente, não contando o colesterol, o ovo pochê é bastante saudável pois não é acrescentado de nenhuma gordura. Assim, se formos comer ovos, deveríamos fazê-lo esporadicamente, mas com os melhores ovos possíveis.
  • A qualidade dos ovos é, claro, importantíssima aqui. E não há duvidas no que diz respeito à qualidade do ovo: um bom ovo vem de uma galinha criada livremente, sem antibióticos, hormônios ou anabolizantes, que se alimenta de cereais orgânicos, tem seu bico natural e não sofre com mudas forçadas. E, me deixem ser bem chata e acrescentar que sim, a maneira como vive a galinha faz toda diferença no ovo que ela produz.  
  • Depois que nos acostumamos ao ovo de verdade, aquele que tem uma gema amarela dourada, com o gosto delicioso do ovo verdadeiro, um pouco amanteigado, um pouco amendoado, é difícil voltar atrás. Mas hoje em dia é muito fácil encontrar ovos orgânicos em todos (ou quase todos) os supermercados e feiras de rua. E apesar do custo ser um pouco mais elevado do que ovo de granja comum, considerando que deveríamos comer ovos só de vez em quando, é um pequeno luxo barato.
  •  
  •  
  • Receita da sopa de lentilhas adaptada da revista Waitrose Food Illustrated, de Maio 2010
  • ingredientes

  • 4 ovos orgânicos (ou caipiras)
  • 1 colher de sobremesa de vinagre de vinho tinto (eu prefiro vinagre de arroz, mas você pode usar qualquer vinagre)
  • 200 gramas de lentilhas (eu usei as lentilhas verdes, francesas, para essa sopa)
  • 1 cebola média, picada
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva
  • 2 dentes de alho
  • 2 colheres de sobremesa de gengibre fresco, ralado
  • 4 cenouras pequenas, fatiadas
  • 1 colher de sobremesa de curry
  • 1 colher de sobremesa de açafrão da terra (opcional)
  •  1L - 1, 200 litros de caldo de legumes
  • 1 molho de agrião
  •  
  • modo de preparo

  • 1. Numa panela grande, esquente o azeite. Adicione a cebola, o alho picado, o curry, o açafrão da terra se for usar, e o gengibre. Refogue por uns 2 minutos e adicione as cenouras. Cozinhe por mais uns 5 minutos até a cebola estar macia, misturando com uma colher de pau.
  • 2. Adicione então as lentilhas e cozinhe por mais 1 ou 2 minutos para envolver bem os grãos com o perfume das especiarias. Acrescente então 1 litro de caldo de legumes e deixe levantar fervura. Assim que ferver, abaixe o fogo e deixe as lentilhas cozinharem por 20 a 25 minutos: o tempo exato vai depender do tipo de lentilha que você for usar. Acrescente mais caldo se preciso.Tempere com sal e pimenta (eu gosto também de acrescentar 2 colherzinhas de suco de limão) e desligue o fogo. Junte o agrião, mexa um pouco, e mantenha a panela tampada enquanto prepara os ovos.
  • 3. Ponha cada ovo numa cumbuca individual. Numa frigideira média, ponha 2 ou 3 dedos de água e o vinagre. Não salgue a água de jeito nenhum! Leve a frigideira ao fogo médio. Quando a água estiver fervilhando, abaixe o fogo. A água tem que estar a penas fervilhando: se ela estiver borbulhando, deixe a temperatura baixar antes de prosseguir.
  • 4. Com muito cuidado, ponha os ovos, um por um, dentro da água. Ligue o cronômetro e marque 3 minutos para uma clara firme e a gema liquida. Se preferir a gema mais dura, é só aumentar o tempo de cozimento. Quando o cronometro disparar, use uma escumadeira para retirar os ovos da água com cuidado, e imediatamente pousá-los no prato de sopa.

Outras Boas Ideias: Sopa de Massa com Almondegas e Croque-Monsieur: Sanduiche de Queijo Gratinado

 

8 comentários

  1. Carla Duclos disse

    29 jun 2010, 7:10 pm

    Nossa Flávia, isso tá de dar água-na-boca! To aqui babando.. :)

    Obrigada pela receita. Ovos-pochê é daqueles que estão na minha TODO, nunca fiz e morro de curiosidade de tentar e ver o resultado.

    Beijo,

  2. moranguita disse

    29 jun 2010, 8:07 pm

    hum mas que rico prato

  3. Maria G. disse

    29 jun 2010, 10:20 pm

    Eu aaaaaaaaaaaaaamo ovos pochê mas acho sempre tão dificil de acertar… Até encima do arroz branquinho ou do puré de batata. E a sopa ta com uma cara linda!!! Esta receita emanimou, vou tentar e volto pra contar!
    Bjs

  4. Carol disse

    01 jul 2010, 12:54 am

    “E, me deixem eu ser bem chata e acrescentar que sim, a maneira como vive a galinha faz toda diferença no ovo que ela produz.”
    Não é ser chata. É ter bom senso. Galinha feliz, ovos saborosos. E cá entre nós… quer coisa mais bonita do que o dourado de uma boa gema de ovo caipira?

    =D

  5. Gasparzinha disse

    02 jul 2010, 1:24 pm

    Nós cá em Portugal temos um prato semelhante feito com ervilhas, mas escalfamos os ovos na mesma panela.
    quando as ervilhas já estão cozinhadas, abrimos os ovos em cima delas, tapamos e deixamos cozinhar.
    Aos ovos pochê chamamos escalfados. :)

    Adorei esta receita com lentilhas.

    Beijinhos

  6. Fabi disse

    06 jul 2010, 4:04 pm

    Flávia, que idéia genial! Aqui também adoramos ovo poché, e com esta sua sopinha deve ter ficado incrível! Linda foto! Bjos

  7. Ana disse

    31 mai 2012, 8:03 am

    Olá Flávia, a sopa está realmente apetitosa e muito nutritiva. No frio não dá prá pensar em outra coisa, não é? Vou testar. Obrigada. Bjs

  8. Ana Paula Vieira disse

    18 out 2012, 9:46 am

    Olá, vim visitar o seu blog e gostei imenso, fiz esta sopinha que ficou deliciosa.

    Beijinho

    Paula

Trackback URI | RSS de Comentários

comente!

Mensagem