simplesmente delícia

Arquivo de janeiro de 2013

14 de janeiro de 2013

  • Essa é provavelmente a primeira vez em que posto uma receita com fotos que não fazem jus ao prato. Preparei o Bolo de Sorvete em casa e levei para um jantar aonde a luz não ajudou muito na hora de fotografa-lo. Mas o resultado ficou uma delicia e como estou saindo de férias e não vou ter tempo de refazer a receita para ter fotos mais bonitas, vocês vão ter que confiar em mim! É muito fácil, mesmo que demore um pouco para congelar cada camada. E, sobretudo é perfeito nesse verão escaldante que não arreda pé!
  • Procure usar um biscoito bem forte no chocolate. Eu sou meio xiita e compro o Negresco, tiro o recheio e uso só os biscoitos. Faça o Bolo de Sorvete de véspera para dar tempo de ele gelar todo bem antes de servir. E use uma forma de laterais removíveis para facilitar na hora de desenformar. Eu resolvi me complicar a vida e usei uma vasilha de cerâmica, o que quase inviabilizou a sobremesa na hora de retira-la. Mas esse pequeno lapso do meu cérebro eu estou culpando no calor.

    ingredientes

  • 1 copo de creme de leite fresco
  • ½ copo de Karo (xarope de glicose)
  • 300 gramas de chocolate meio-amargo
  • 2 copos de biscoitos de chocolate triturados (medidos já triturados)
  • 150 gramas de manteiga sem sal, derretida
  • 1 pote de 2 litros de sorvete de creme
  • 300 gramas de amendoins caramelizados (ou ‘ao mel’)
  • modo de preparo

  • 1.       Comece preparando a calda de chocolate pois ela precisa estar fria para ser usada no bolo. Pique o chocolate em pedaços bem pequenos e ponha-o numa vasilha media. Numa panela pequena, esquente o creme de leite com o Karo. Quando ferver, derrame tudo em cima do chocolate picado. Espere cinco minutos e misture delicadamente com uma colher para homogeneizar o creme. Espere esfriar e leve a geladeira até formar um creme grosso. Você pode fazer a calda de véspera e retirar da geladeira uns 30 minutos antes de usar no bolo para a calda voltar à consistência certa para ser esparramada em cima das camadas de sorvete.
  • 2.       Ponha o pote de sorvete na geladeira para amolecer.  Triture os biscoitos de chocolate no processador ate formar um pó. Misture o biscoito com a manteiga derretida usando um garfo e mexendo bem para que todo o biscoito fique úmido de manteiga. Ponha o biscoito no fundo de uma forma de laterais removíveis e pressione bem com os dedos, apertando para formar uma camada bem compacta. Leve a geladeira ou ao freezer.
  • 3.       Tire o sorvete da geladeira e ponha-o todo em uma vasilha grande. Usando uma espátula, adicione os amendoins caramelizados misturando com cuidado. Agora retire a forma com a camada de biscoito do freezer (ou geladeira). Usando uma colher, ponha uma camada de sorvete em cima do biscoito (use aproximadamente 1/3 do sorvete: queremos fazer três camadas de sorvete e duas camadas de calda de chocolate). Leve ao freezer por uns 20 minutos ou até o sorvete endurecer o suficiente para podermos passar uma camada de chocolate por cima sem mexer no sorvete. Enquanto o sorvete está no freezer, deixe o restante na geladeira ou no freezer também se estiver muito calor mas precisamos que o sorvete esteja cremoso na hora de espalha-lo e para o bolo.
  • 4.       Quando o sorvete estiver firme o suficiente, espalhe a metade da calda de chocolate por cima do sorvete e leve ao freezer para endurecer. Como anteriormente, espere o chocolate estar firme antes de prosseguir com mais uma camada de sorvete, mais uma camada de calda e uma ultima camada de sorvete (são três camadas de sorvete e duas de calda). Termine com o sorvete e leve ao freezer por alguma hora para endurecer bem.
  • 5.       Trinta minutos antes de servir, ponha o bolo de sorvete na geladeira. Quando for servi-lo, passe uma faca rente as laterais da forma, e se o bolo ainda estiver muito gelado, molhe as laterais da forma com agua a temperatura ambiente mesmo, com cuidado para não respingar no sorvete. Retire as laterais da forma . Passe uma faca por baixo da camada de biscoito e solte o bolo da forma. Ponha num prato e sirva imediatamente ou ponha o prato de servir no freezer até a hora de servi-lo. Experimente servir com uma calda de chocolate.

7 de janeiro de 2013

  • O calor, hoje, deu um sinal de trégua, mas não tenho a menor fé de que vá durar muito tempo. E portanto , continuo na minha saga ‘quanto-menos-comida-quente-melhor’. Como Já fiz essa salada duas vezes em uma semana, achei que estava na hora de compartilhar com vocês. Não é nada inovadora mas os ingredientes são fáceis de encontrar e ela fica perfeita guardada na geladeira por dois ou três dias. Use grão de bico em conserva para um prato ainda mais rápido.
  • ingredientes

  • 250 gramas de massa pequena (penne, farfalle)
  • 1 lata de atum ao natural, escorrido
  • ½ copo de azeitonas pretas sem caroço
  • 2/3 copo de grão de bico cozido, e escorrido
  • ½ copo de salsinha picada
  • 1 limão grande (raspas e suco)
  • 1/3 copo de azeite de oliva (aproximadamente)
  • 2 anchovas (opcional)
  • modo de preparo

  • 1.       Cozinha a massa em bastante agua, pelo tempo indicado na embalagem. Normalmente 10 ou 11 minutos para penne ou farfalle. Escorra a massa e imediatamente passe agua fria para cessar o cozimento. Quando a massa estiver morna ou a temperatura ambiente, adicione nela o atum escorrido, as azeitonas (pique-as se forem grandes), e o grão de bico.
  • 2.       Raspe a casca do limão tomando cuidado para não tirar a parte branca. Junte as raspas à massa. Esprema o suco do limão e ponha numa vasilha pequena. Tempere com sal e dilua-o. Junte então 3 vezes a quantidade de suco de limão, de azeite. Eu faço isso no olho mesmo. Se tem 1 dedo de suco de limão, junto mais 3 dedos de azeite. Não é nenhum experimento cientifico: ajuste conforme seu paladar mas eu uso 1 parte de acidez para 3 partes de óleo em vinagretes.
  • 3.       Regue a massa com a vinagrete e leve à geladeira por uma hora para os perfumes se mesclarem. Sirva fresca ou a temperatura ambiente.
  • Outras Boas Ideias: Tapenade de Azeitonas e Figos e Salada de Batata, Palmito e Cominho

2 de janeiro de 2013

  • Esse pão de calabresa é uma longa, longa historia que persiste alguns anos. Meu querido amigo, fã incondicional de carboidratos em geral, massas em particular e orégano incondicionalmente, vinha incessantemente me sondando para uma receita de pão de calabresa. Mas confesso que para mim, pão e calabresa nunca fizeram muito sentido na mesma frase e eu, sutilmente - ou não, se formos indaga-lo- ia empurrando o tal pedido com a barriga. Nesse meio tempo, houve muitas pizzas, muitos brownies, e acho que até massa de panqueca, mas o tal pão de linguiça, ele não esquecia.
  • Recentemente, depois de desistir da minha cooperação, um dia me chamou para jantar e me serviu um delicioso pão de calabresa, que é verdade, estava meio estruturalmente comprometido devido a enorme quantidade de linguiça, mas era muito promissor. Dali em diante, os testes continuaram (sempre animados por sua Santa esposa, minha querida amiga) e a receita foi se aprimorando. Hoje Alexandre é o Mestre do Pão de Calabresa. E agora sou eu quem tenho que mendigar a receita com ele…
  • Adicionei o queijo parmesão que dá uma profundidade nos perfumes bem interessante, mas você pode substituir uma parte dos ingredientes do recheio por azeitonas, cebolas refogadas, tomates secos picados, e provavelmente até queijo minas. Obrigada meu amigo e Mestre!

    ingredientes

  • 500 ml de agua
  • 2 tabletes de 15 gramas de fermento fresco
  • 750 gramas de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de sal (15 gramas)
  • 300 gramas de linguiça calabresa
  • 250 gramas de mozzarella fatiada
  • 100 gramas de queijo parmesão ralado
  • 1 colher de sopa de orégano
  • 1 ovo
  • modo de preparo

  • 1.       Ponha a agua numa vasilha e dilua o fermento fresco. Ponha a farinha na vasilha da batedeira ou numa vasilha grande, e derrame o fermento diluído na agua. Misture com uma espátula até a massa se formar. Depois que a massa estiver homogênea, adicione o sal. Sove-a então na batedeira, com o gancho, ou na mão, por 8 a 10 minutos. Se a massa ainda estiver muito pegajosa, acrescente um pouco de farinha, de colher em colher até a massa estar lisa.
  • 2.       Unte uma vasilha grande, levemente, com óleo vegetal ou azeite. Ponha a massa sovada na vasilha untada, cubra com filme plástico e deixe crescer por no 50/60 minutos pelo menos. Retire então o filme plástico, sove a massa rapidamente (3 ou 4 minutos) e devolva-a para a vasilha, cobrindo de novo com filme plástico, e deixe crescer por mais 40 minutos.
  • 3.       Enquanto isso, ponha as linguiças numa panela com agua e leve para ferver por uns 5 minutos. Escorra as linguiças e deixe-as secar bem; retire a pele e ponha a carne na vasilha do processador. Eu também tiro qualquer pedaço maior de gordura. Triture a carne até formar pedaços bem pequenos. Reserve. Pique o queijo mozzarella em pedaços bem pequenos: isso vai ser mais fácil e pratico se o queijo estiver gelado. Reserve.
  • 4.       Quando a massa estiver crescido pela segunda vez, Sove-a por alguns instantes. numa superfície polvilhada com bastante farinha de trigo abra a massa com um rolo, em um retângulo de aproximadamente 50/60 centímetros por 30/35 centímetros (não precisa ser uma medida exata mas o rolo precisa caber na forma a ser utilizada). À medida que for abrindo a massa, levante-a e polvilhe com um pouco de farinha para ter certeza que ela não esta grudando na superfície utilizada.
  • 5.       Quando a massa estiver aberta, arrume a linguiça espalhando por toda a superfície mas deixando um ou dois centímetros nas bordas. Por cima ponha o queijo mozzarella, o parmesão e o orégano. Comece a enrolar a massa como um rocambole, com cuidado, apertando ligeiramente com os dedos. Quando chegar ao lado oposto, pincele um pouco de agua na borda para selar bem a massa. Dobre as pontas do ‘rocambole’ para dentro para não vazar o recheio.
  • 6.       Arrume então o rocambole numa forma de tubo grande ( 23 x 8 cm no minimo), levemente untado com óleo ou azeite. Cubra com um pano e deixe crescer por uns 40 minutos. Enquanto isso, pré-aqueça o forno a 180 graus.
  • 7.       Após os 40 minutos, misture o ovo com 2 colheres de chá de agua e pincele toda a superfície do pão. Leve o pão ao forno por 35 a 45 minutos ou até ele estar levemente dourado e a faca sair limpa do centro do pão.  Retire do forno e deixe esfriar uns 10 minutos antes de desenformar.
Outra Boa Idéia: Pão Toscano de Uvas