simplesmente delícia

Arquivo de agosto de 2012

1 de agosto de 2012

  • Eu ando totalmente sem paciência para comer em restaurantes. Estou numa fase- é verdade que ela já dura há um tempo- em que sou mais feliz comendo comida de casa. Mas quando eu digo isso, o que eu ouço primeiro é que para mim é fácil pois eu ‘sei’ cozinhar. Talvez isso tenha uma parte de verdade. Eu tenho alguma base. Mas sobretudo, eu adoro cozinhar. Eu adoro encontrar um ingrediente no auge do seu frescor ou algo totalmente inusitado que me faz pensar em novas possibilidades, adoro convidar meus amigos e, sabendo o que um ou outro gosta, fazer algo especial, adoro sentir os perfumes dos ingredientes e pareço uma criança quando eu mesma acho um prato que eu preparei colorido, bonito e saboroso. No final das contas, para mim, cozinhar é um motivo para juntar pessoas, para gerar conversas, inventar modas e sonhar com ideias revolucionarias que vão mudar nosso Mundo.

    O que estou tentando dizer, muito inarticuladamente, é que para ‘saber’ cozinhar, tem que começar em algum lugar. Tem que se aventurar, tem que errar muito, tem que experimentar, tem que ter os olhos abertos e vontade de aprender. Leia muito, navegue na internet- tem muitos blog e sites legais por ai- troque ideias com quem tem mais experiência, faça anotações nos livros e cadernos (os meus livros são todos rabiscados) e sobretudo, não tenha medo. Sabe aquele velho ditado ‘É errando que se aprende’? pois é: é cliché mas é verdade.

    Eu acho sempre curioso como algumas vezes apenas um ingrediente de alguma receita chama minha atenção. Nesse caso foi o uso do limão em pedaços numa salada. O segredo é usar o limão siciliano e cozinha-lo em fogo bem baixo numa boa frigideira, de fundo espesso, para não queima-lo antes do tempo, e deixa-lo levemente caramelizado.

    ingredientes

    400 gr de massa (eu prefiro uma massa pequena, tipo farfallni ou pennette)

    6 colheres de sopa de azeite de oliva

    3 talos de aipo

    1 ½ limões siciliano

    6 colheres de sopa de alcaparras, escorridas

    800grs a 1 quilo de lulas, limpas, cortadas em anéis

    Sal e pimenta

    Suco de limão

    6 colheres de sopa de azeite de oliva extra-virgem

    modo de preparo

    1.       Ponha bastante agua para ferver numa panela grande. Quando ela estiver borbulhando, junte a massa, salgue, ligue o cronometro e cozinhe pelo tempo especificado para o tipo de massa que você estiver usando. Assim que estiver pronta, escorra a massa, adicione uma colher de sopa de azeite e reserve.

    2.       Pique os talos de aipo em pedaços pequenos e reserve. Parta o limão siciliano em dois, e com uma faca afiada, corte uma metade, em fatias finas , descartando as sementes. Reserve. Numa frigideira media,  esquente três colheres de sopa de azeite.  Junte o aipo e as fatias de limão e refogue em fogo baixo por uns 15 minutos, até amolecerem e caramelizarem. O segredo é usar uma frigideira de fundo espesso, e o fogo bem baixo. Não queremos queimar o aipo e o limão. Orégano fresco fica uma delicia aqui, se tiver disponível.

    3.       Retire-os da frigideira e ponha numa vasilha. Volte a frigideira ao fogo médio, com mais duas colheres de azeite, e refogue as lulas rapidamente. Dois ou três minutos devem ser suficientes. Salgue e tire do fogo. Reserve .

    4.       Misture os limões e aipo picados à massa e junte as lulas refogadas. Numa outra vasilha misture vigorosamente o suco da metade restante do limão com sal e pimenta, e adicione as 6 colheres de azeite de oliva. Se o limão estiver com pouco suco, é possível que você precise acrescentar mais. Ajuste o tempero e regue a salada com a vinagrete.  Junte as alcaparras e sirva a salada morna ou a temperatura ambiente.

    Outra Boa Idéia: Salada de Lulas e Linguiça

« Página anterior