simplesmente delícia

Arquivo de setembro de 2009

12 de setembro de 2009

Esse blog está cheio de receitas de cookies. E tenho que confessar que não entendo mesmo essa minha mania, pois, apesar de ter morado nos Estados Unidos muitos anos, não me recordo dessa obsessão enquanto lá. Mas o fato é que agora não existe qualquer evento aqui em casa sem os cookies. Normalmente as caras se fecham para mim quando eu decido me rebelar e fazer qualquer coisa diferente do Cookie de Chocolate. Aí tenho que ouvir comentários velados, sussurros de desapontamento, caras murchas… Mas eu sigo na minha trajetória exploratória a procura de novas fronteiras, ignorando bravamente os meus delatadores….

 Para o aniversario da minha afilhada querida, ressuscitei essa minha receita antiga. Esse cookie tem o sabor pronunciado de chocolate dos brownies e durante muito tempo eu adicionava um bocado de M&M’s ou Confetti’s na massa. Alem de delicioso, é facílimo de fazer no processador. E ontem, pelo menos no calor do momento, não ouvi nenhuma reclamação…

 Para mais dicas sobre cookies, veja o post sobre Cookie de Chocolate

 Essa receita da uns 70 cookies pequenos mas pode ser facilmente dividida

 

  • Ingredientes

  • 280 gramas de chocolate meio amargo (eu usei o Lacta Amaro com 43% cacau)
  • 600 gramas de chocolate meio amargo picado em pedaços pequenos (eu usei o Lacta Amaro com 43% cacau)
  • 2 2/3 copos de açúcar
  • 200 gramas de manteiga sem sal, em temperatura ambiente
  • 4 ovos
  • 2 colheres de sopa de baunilha
  • 2 copos de farinha
  • ½ colher de sobremesa de sal
  •  
  • Modo de preparo

  • 1. Pré-aqueça o forno a 180º C. Forre o tabuleiro com papel manteiga, unte de manteiga e polvilhe de farinha. Reserve. Vamos precisar de vários tabuleiros pois vão ser varias fornadas.
  • 2. Na vasilha do processador, ponha as 280 gramas de chocolate meio amargo partido em pedaços grandes junto com o açúcar. Processe por 2 minutos ou até o chocolate estar tão fino quanto o açúcar. Pare o processador e adicione a manteiga, os ovos e a baunilha e processe até estar cremoso, parando o processador pelo menos uma vez para limpar as laterais da vasilha com uma espátula.
  • 3. Pare o processador e adicione a farinha, o sal e as 600 gramas de chocolate picado. Use o botão de “pulse” do processador para rapidamente incorporar a farinha e o chocolate. Não processe demais pois queremos manter pedaços do chocolate. Assim que a farinha sumir na massa, pare o processador. A massa fica mais liquida do que o comum mas isso é normal.
  • 4. Use uma colher pequena para fazer bolinhas de massa no tabuleiro. Espasse-as bem e asse por 14 ou 15 minutos. Tire os tabuleiros do forno. Deixe esfriar uns 10 minutos e com uma espátula levante  os cookies e ponha-os numa grelha para  deixá-los esfriar totalmente .
  •  
  • Outra Boa Idéia: Cookies de Banana e Chocolate 

10 de setembro de 2009

Eu procuro ter sempre na cozinha alguns coringas para uma hora de aperto. É claro que eu parto do pressuposto que tem sempre batata e ovo na dispensa mas parece que até isso tem faltado por aqui…. Mas nas raras semanas em que minha presciência micro gerencial está nos píncaros, tenho em casa algumas coisas para sair do sufoco: sardinhas em lata (as portuguesas!), algum tipo de funghi secchi, algum enlatado como alcachofras etc. Daí pode sair um risoto (preferido da filhota) ou uma massa ou uma frittata. Essa frittata fica uma delicia fria ou quente e é polivalente. Você pode usar em vez de alcachofras, pedacinhos de presunto,  ervilhas, bacon ou deixar só as batatas e cebolas, como se come muito na Espanha por exemplo.

Serve 3 a 4 pessoas

  • ingredientes

  • 1 cebola media
  • 3 batatas medias
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • 1 dente de alho
  • 5 ovos
  • 1 lata de alcachofras de aprox. 240 gramas
  • ¼ copo de salsinha
  • 1/3 copo de queijo parmesão ralado
  • Sal e pimenta do reino
  • modo de preparo

  • 1. Corte as cebolas em fatias bem finas e reserve. Lave as batatas, descasque-as e corte em rodelas de aproximadamente 5 milímetros. Jogue as fatias de batatas na agua fervente por 4 a 5 minutos, cronometrados no relogio. Escorra, seque as fatias de batata com um papel absorvente e reserve. Abra a lata da alcachofra e escorra-as. Passe-as debaixo d’água para retirar o excesso de salmoura e corte em pedaços grandes. Deixe escorrendo para retirar todo o excesso de liquido.
  • 2. Numa frigideira media (22 centímetros), (com cabo removível ou cabo de alumínio se você for usar o grill), esquente 2 colheres de azeite. Junte as cebolas, as batatas e o dente de alho picado. Tempere com um pouco de sal e leve ao fogo médio, mexendo com cuidado, até as batatas estarem mais macias. Eu gosto de deixar as batatas dourarem um pouco, mas isso é opcional. Junte as alcachofras picadas, mexa mais um pouco e retire a panela do fogo.
  • 3. Separadamente, numa vasilha grande, bata ligeiramente com um garfo os ovos, a salsinha, o queijo ralado, sal e pimenta. Junte todos os legumes da panela aos ovos. Mexa com cuidado. Limpe a panela com um pedaço de papel-cozinha, e leve a panela ao fogo bem baixo com as 2 colheres de azeite restantes. Com cuidado entorne a mistura de ovos e legumes na frigideira e leve ao fogo baixo por uns 5 a 6 minutos. Ou até os ovos estarem firmes no centro.
  • 4. Se teu forno tiver um grill, retire a panela do forno com os ovos ainda um pouco moles no centro e leve ao forno para dourar por 1 ou 2 minutos. Se não tiver grill, não tem problema. Deixe cozinhando no fogo mesmo até os ovos estarem cozidos porem umidos.
  • 5. Sirva na frigideira mesmo ou delicadamente passe a frittata para um prato. Ela fica deliciosa fria ou quente.
  • Outra Boa Idéia: Spaghetti alla Carbonara

6 de setembro de 2009

Provavelmente a maior parte dos bolos de cenoura que circulam por ai são frutos da idéia de que eles são mais saudáveis do que os outros. A cenoura faz isso com as pessoas! O uso desse legume minimiza nossa culpa pois escolhemos por não enxergar o açúcar e o óleo na massa! Mas um bom bolo de cenoura é mesmo uma delicia. E depois de muito tempo fazendo bolo de cenoura, cheguei a 2 conclusões: a cenoura tem que ser ralada; liquidificá-la é simplesmente uma aberração no meu dicionário e faz com que o bolo perca sua maravilhosa textura! E manteiga não combina com cenoura. O óleo confere um sabor mais puro e cristalino ao bolo.

Quando eu estava fazendo esse bolo, minha irmã chegou com minha sobrinha e as duas ficaram borboleteando na cozinha enquanto eu preparava o bolo. Quando minha irmã viu o abacaxi sua animação com a possibilidade do bolo mudou: abacaxi??? Assim ela resolveu que o bolo não era mais de cenoura. Segundo ela, bolo de cenoura era só cenoura. Mas o abacaxi ficou maravilhoso aqui. Deu ao bolo um toque realmente delicioso, uma surpresa na massa, com um toque de acidez que contrastou muito bem com as castanhas também. Eu adoro  cream cheese em bolo de cenoura mas se você não gostar ou não quiser fazer essa cobertura, esse bolo fica excelente também com uma simples calda de limão.

Assim, “pessoas que gostam desse tipo de coisa vão ver que esse é o tipo de coisa de que eles gostam”… (Abraham Lincoln)

  • Receita adaptada da Bon Appetit 
  • ingredientes

  • 2 1/3 copos de farinha
  • 1 copo de coco ralado
  • 1 copo de castanhas do Pará
  • 2 colheres de sobremesa de canela em pó
  • 2 ½ colheres de sobremesa de fermento em pó
  • 1 colher de sobremesa de sal
  • ½ colher de sobremesa de bicarbonato de sódio
  • 2 copos de açúcar
  • 1 copo de óleo
  • 4 ovos
  • 2 colheres de sobremesa de baunilha
  • 2 copos de cenoura ralada fino (aproximadamente 2 cenouras médias)
  • 2 copos de abacaxi picado
  •  
  • 150 gramas de cream cheese, tipo Philadelphia, em temperatura ambiente
  • 70 gramas de manteiga, em temperatura ambiente
  • 2 colheres de sopa rasas de açúcar de confeiteiro
  • 1 colher de sopa de mel
  •  
  • modo de preparo

  • 1.  Rale as cenouras no ralo fino e deixe-as escorrendo para retirar o excesso de umidade. Pique o abacaxi em pedaços pequenos e deixe-o escorrendo em uma peneira para drenar. Unte com bastante manteiga e polvilhe de farinha uma forma de tubo redonda. Reserve. Pré-aqueça o forno a 180ºC.
  • 2. Numa vasilha, junte a farinha, a canela, o fermento, o sal e o bicarbonato. Reserve.
  • 3. Na vasilha da batedeira, junte o açúcar e o óleo e bata até formar uma mistura homogênea. Adicione os ovos, um por um, batendo bem entre cada um. Junte a baunilha e bata mais um pouco. Diminua a velocidade e adicione os secos. Use uma espátula para limpar as laterais da vasilha se certificando que toda a farinha foi incorporada a massa. Bata somente até a massa estar uniforme. Junte a cenoura, as castanhas, e o coco ralado.
  • 4. Antes de juntar o abacaxi a massa do bolo, aperte-o bem com as mãos para retirar o maximo de suco. Junte-o a massa do bolo e misture delicadamente. Entorne a massa na forma preparada e leve ao forno. Asse por 60-70 minutos ou até a ponta da faca sair seca. Esse bolo é bem úmido devido à cenoura e ao abacaxi por isso preste atenção ao cozimento: a ponta da faca sai seca de dentro do bolo porem pode ter ainda a umidade de um pedaço de abacaxi por exemplo. Deixe o bolo esfriar totalmente, passe uma faca nas laterais da forma e vire num prato com cuidado. Prossega com a cobertura.
  • 5. Na batedeira, bata a manteiga com o açúcar e o mel até formar um creme bem leve. Reserve. Em outra vasilha, bata o cream cheese na batedeira para tambem formar um creme bem fofo. Junte a manteiga ao cream cheese e misture delicadamente com uma espátula.  Passe por cima do bolo com uma faca.
  •  
  • Outra Boa Idéia: Bolo de Maçãs Carameladas

3 de setembro de 2009

Poucas coisas são tão previsíveis quanto o biscoito de polvilho GLOBO das praias do Rio de Janeiro. Na realidade após uma investigação primorosa eu concluí que existe mesmo é uma confraria  secretissima de vendedores de biscoito GLOBO que se reúne periodicamente em local ainda não descoberto pelos não iniciados, para entoar um canto da chuva infalível ou para fazer uma simpatia para piorar o  já impossível transito da minha cidade. Apoiados por tecnologias avançadíssimas de comunicação, assim que a primeira gota de chuva cai ou os primeiros carros começam a desacelerar, eles surgem de todos os cantos com seus enormes sacos de biscoitos para fazer a alegria dos que esperam pacientemente o tempo passar.

Mas os biscoitos de polvilho têm surgido também nas mesas de um grande numero de restaurantes e nas prateleiras de supermercados, em embalagens caprichadas e sabores novos. Foi num dia desses em que minha preocupação maior era saber se ia à manicure ou se meu supermercado preferido já havia recebido o gengibre cristalizado para o bolo que eu queria fazer que me deparei com uma caixa linda de biscoitos de polvilho na prateleira. O que me chocou foi o preço: a caixinha linda tinha 90 gramas de biscoitos de polvilho, 10 ou 12 biscoitos, com um vago sabor de queijo a um preço totalmente não mencionavel. Quer dizer, eu tinha certeza que por aquele preço poderia fazer um caminhão de biscoitos. E claro, como não podia deixar de ser, sonhei com biscoitos de polvilho. Literalmente. Sonhei com os ingredientes e com a infinita possibilidade de sabores: queijo parmesão, queijo gorgonzola, orégano, tomilho, páprica, açafrão-da-terra. Esses biscoitos são super fáceis de fazer e ficam perfeitos servidos de aperitivo. E você ainda pode arrumá-los em alguma caixinha linda, envolta com um laço,  incluir uma etiqueta com a receita e dar de presente para alguem de quem voce realmente goste. Afinal coisa boa agente passa adiante não?

Essa receita faz uns 80 biscoitos, dependendo do tamanho

  • ingredientes

  • 500 gramas de polvilho azedo
  • 1 copo de leite
  • 1 copo de óleo canola
  • 1 copo de água
  • 1 ovo
  • 1 colher de sopa de sal
  • 3 colheres de sobremesa de curry
  • ½ colher de sobremesa de pimenta caiena (opcional)
  • modo de preparo

  • 1. Pré-aqueça o forno 220 º C. Forre os tabuleiros com papel-manteiga ou com um silpat. Reserve (você vai precisar varias fornadas pois a receita é grande). Na vasilha da batedeira, ponha o polvilho azedo e o sal. Reserve.
  • 2. Numa panela pequena, ponha o leite e o óleo. Leve ao fogo médio mexendo de vez em quando até ferver. Quando ferver, ponha o curry e a pimenta caiena e misture até dissolver. Imediatamente entorne o liquido fervente no polvilho para escaldá-lo.
  • 3. Leve a batedeira e bata em velocidade baixa com a pá até misturar os ingredientes. Junte o ovo e a água aos poucos. Quando tiver incorporado toda a água, aumente a velocidade da batedeira e bata por mais 2 minutos. Pare a batedeira e ponha a massa em um saco de confeiteiro. Use um bico bem pequeno pois os biscoitos crescem muito!! E espaçe-os bem no tabuleiro. Asse por uns 20 minutos, checando sempre. Os biscoitos ficam ligeiramente dourados e bem secos.
  • Outra Boa Idéia: Biscoitos de Azeite

« Página anterior