simplesmente delícia

Arquivo de maio de 2009

6 de maio de 2009

Eu normalmente não gosto de chocolate misturado com frutas. Eu descobri isso há relativamente pouco tempo. Acho que sou um pouco lenta para fazer grandes definições na minha vida mas cada vez que via/comia um doce com limão, laranja, morango, etc. combinado com meu amado chocolate era como um átomo incomodo de desgosto e repulsão que se manifestava dentro de mim. Mas existem exceções, claro. Quando a fruta não é muito acida ou úmida, ela pode acompanhar a intensidade do chocolate e a sua textura amanteigada. A banana é uma das poucas frutas cujo paladar maduro e adocicado casa bem, a meu ver, com o chocolate. E esse bolo é cheio de bananas… Alias ele é um perigo na bancada da cozinha… daqueles bolos que se passa o dia beliscando portanto não venha me dizer que não avisei sobre seu alto poder de sedução!

Use frutas bem maduras, e por mais tentador que seja, não deixe de usar a canela na mistura de chocolate e castanhas pois ela confere uma dimensão deliciosa ao crocante desse bolo. Com um café ou uma xícara de chá, esse bolo fica perfeito por alguns dias, graças à umidade que a banana proporciona à massa.

  • ingredientes

  • 1 ¼ copo de chocolate meio-amargo picado (230 gramas)
  • ½ copo de açúcar mascavo (bem apertado no copo)
  • ½ copo de castanhas do Pará, picadas grosso *
  • 1 colher de sopa de canela em pó
  • 3 copos de farinha de trigo
  • 1 ½ colher de  chá  de bicarbonato de sódio
  • 1 ½ colher de  chá  de fermento em pó
  • ½ colher de  chá  de sal
  • 1 ½ copo de açúcar
  • 200 gramas de manteiga sem sal, temperatura ambiente
  • 2 ovos, temperatura ambiente
  • 5 bananas bem maduras ou 2 copos e meio de bananas amassadas
  • * as castanhas podem ser substituidas por nozes

  • modo de preparo

  • 1. Pré-aqueça o forno a 180º C. Forre uma forma de 24 cms de laterais removíveis com papel manteiga, unte com manteiga e polvilhe de farinha. Esse bolo também pode ser feito num pirex (untado e polvilhado) mas não será possível desenformá-lo.
  • 2. Numa pequena vasilha, misture o chocolate picado, as castanhas do Pará picadas, o açúcar mascavo e a canela. Reserve.
  • 3. Numa outra vasilha, misture a farinha, o fermento em pó, o bicarbonato de sódio e o sal. Reserve.
  • 4. Na vasilha da batedeira, ponha a manteiga e o açúcar e bata em velocidade media/alta até formar um creme claro e bem fofo. Adicione os ovos um por um, deixando incorporar na massa entre cada ovo. Quando acabar de juntar os ovos, junte toda a banana amassada com um garfo. Bata somente até a massa estar homogênea. Junte agora metade da mistura de farinha em velocidade baixa. Pare a batedeira, raspe as laterais com uma espátula, e adicione a outra metade de farinha. Bata mais um pouco só ate não haver mais traças da farinha. Pare a batedeira.
  • 5. Ponha metade da massa na forma pronta. Por cima dessa massa, ponha metade (eu usei um pouco menos da metade) da mistura de chocolate e castanhas, espalhando sobre toda superfície. Cubra como restante da massa, espalhando com uma espátula pra cobrir toda a forma. Agora use o resto da mistura de chocolate e castanha e cubra todo o bolo. Aperte levemente com a palma da mão para afundar um pouco  as castanhas e o chocolate na massa.
  • 6. Leve ao forno pré-aquecido por 55-60 minutos (no meu forno ficou 70 mns).  Retire do forno e deixe esfriar antes de partir, para as castanhas e o chocolate acabarem de se assentar dentro da massa.

Outra Boa Idéia: Cookies de Banana com Chocolate

4 de maio de 2009

A tapenade é um desses condimentos que se encontra pronto em provavelmente muitos cantos do mundo. É uma pasta típica do sul da França, Toulon na Provence, à base de alcaparras (a palavra tapenade é derivada de tapeno, alcaparra no dialeto provençal), anchovas e azeitonas, triturados com azeite e suco de limão. È claro que existem mais variantes de tapenade hoje do que de pretendentes ao infeliz posto de candidatos aos BBB 36… Essa receita é adaptada do David Lebovitz e o figo adiciona um certo je-ne-sais-quoi delicioso alem de criar mais um adendum à um  textura já interessante. Mas de qualquer forma, é um desses pratos que não consigo imaginar comprar pronto. Só a lista de ingredientes das versões prontas me dá arrepios- alem de não entender como alguém se intimida em fazer algo que basicamente é só jogar no processador para a versão mais rápida!  A tapenade é normalmente feita num pilão, o que confere a ela uma textura mais grossa. Eu a fiz dessa vez no processador mesmo mas experimente fazer no pilão pois o produto final tem mais textura.

Use a tapenade no aperitivo com fatias de baguette torradas, ou com tomates-cerejas e aipo, mas também com peixes e aves grelhados ou, um clássico, com ovo cozido. Usa-se a tapenade também para incrementar uma sopa ou como condimento em sanduíches. Mantenha a tapenade na geladeira mas deixe-a voltar à temperatura ambiente antes de usar.

  

  • Para 1 copo de tapenade
  •  

  • ingredientes

  • ½ copo de figos secos, cortados
  • 1 copo de água
  • 1 copo de azeitonas sem caroço, e lavadas para retirar o gosto da salmoura
  • 1 ½ colher de sopa de suco de limão
  • 2 colheres de sobremesa de mostarda tipo Dijon
  • 1 dente de alho, pequeno e picado
  • ½ colher de sopa de alcaparras, lavadas
  • ½ colher de sobremesa de alecrim fresco (eu usei o seco, reduzindo um pouco a quantidade)
  • ½ copo de azeite extra-virgem, bem perfumado
  • Sal e pimenta a gosto
  •  
  • modo de preparo

  • 1. Em uma panela pequena, cozinhe os figos na água, por 25 a 30 minutos ou até ficarem tenros. Eu adicionei mais um pouco de água no meio do cozimento. Escorra os figos, guardando o liquido, e reserve.
  • 2. No processador, ponha as azeitonas lavadas e sem caroço, o suco de limão, a mostarda, o alho picado, as alcaparras lavadas e escorridas, o alecrim e os figos. Triture por 1 ou 2 minutos. Cuidado para não triturar demais pois ainda vamos adicionar o azeite. Com uma espátula, limpe as laterais da vasilha para retirar algum resíduo de ingrediente e triture até incorporá-los.
  • 3. Adicione o azeite aos poucos, pelo tubo de alimentação do processador, e pare a maquina assim que a tapenade estiver na consistência certa. Eu acabei usando um pouco menos do que ½ copo de azeite e adicionei um pouco do liquido dos figos para diluir um pouco a tapenade. Tempere com sal e pimenta e ajuste o limão. Eu adicionei mais um pouquinho de limão.
  • 4. Se for fazer no pilão, primeiro bata as azeitonas com o alho, as alcaparras, a mostarda e o alecrim. Depois vá adicionando os figos até ficarem bem quebrados. E por fim adicione o suco de limão, o azeite pingando-o e sal e pimenta.

Outra boa idéia:    biscoito de azeite 

 

« Página anterior