simplesmente delícia

Arquivo da categoria 'carnes'.

28 de setembro de 2017

Porquê o calor aqui no Rio de Janeiro está me avisando devagarzinho que o fatídico verão está chegando, resolvi fazer logo esse prato -que estava na minha lista há um tempo-, enquanto ainda estamos com uma temperatura que eu possa chamar de ‘humana’. É isso mesmo. Moro no Rio mas não sou nada fã de calor. Por mim seria inverno no Rio o ano todo, com direito a sopas e pratos muito quentes e vinho tinto e casacos e blusas de manga cumprida, lenços no pescoço e chapéu. Adoro um chapéu. É pedir demais uma lareira na beira do mar? Seria ótimo, obrigada.

E essas almôndegas ficaram uma delicia: usei carne suína porque particularmente adoro carne de porco e acho que ela é pouco usada no dia a dia. Mas se você preferir, use metade de carne suína com outra metade de carne bovina.

Servem 4 pessoas, acompanhadas de uma massa ou arroz.

Ingredientes

1 copo de farinha de pão

2 colheres de sopa de leite

1kg carne suína moída (ou 500 gr carne suína + 500 gr carne bovina)

7 dentes de alho

1 colher de sopa de orégano seco

10 bolas pequenas de mozarela de búfala

6 colheres de sopa de óleo de girassol

1 lata de tomates pelados

1 vidro de passata de tomate (680 g)

½ copo de creme de leite fresco (120 ml)

Sal, pimenta do reino e pimenta caiena

½ copo de queijo parmesão

Folhas de manjericão

Modo de preparo

1. Numa vasilha pequena, misture bem o farelo de pão com as 2 colheres de leite. Deixe repousar uns 5 minutos.

2. Numa vasilha grande, ponha a carne moída, 5 dentes de alho espremidos, o orégano, a farinha de pão umedecida, e tempere com sal, pimenta do reino e pimenta caiena. Misture bem. Eu gosto de usar as mãos para isso.

3. Corte as bolas de muzarela para rechear as almôndegas. Os pedaços tem que ter em torno de 1,5 cm. Com um pouco de carne moída, faça uma bola do tamanho de uma bola de golfe. Faça um furo com o dedo e ponha o pedaço de queijo. Feche com cuidado e aperte bem a carne para não correr o risco da muzarela vazar. Prepare todas as almôndegas e reserve.

4. Numa frigideira grande (29 cm) que vá ao forno, esquente 2 colheres de óleo.  Doure 4 ou 5  almodegas de cada vez, virando-as para que dourem um pouco de todos os lados. Elas não precisam cozinhar totalmente pois ainda vão assar no forno. À medida que as almôndegas vão dourando, retire-as da frigideira com uma escumadeira e reserve em um prato. Doure todas as almôndegas , acrescentando mais óleo a medida que precisar.

5. Pré aqueça o forno a 180 graus.

6. Quando acabar de dourar as almôndegas, deixe um pouco da gordura que fritou as almôndegas no fundo da frigideira, e doure os 2 dentes de alho picados restantes. Em seguida adicione os tomates pelados e a passata de tomates. Tempere com sal e pimenta do reino e cozinhe por uns 10minutos. Junte o creme de leite, misture e desligue o fogo. Arrume as almôndegas no molho de tomates, salpique com queijo parmesão e leve ao forno pré aquecido por 25 minutos. Vigie as almondegas e se o molho de tomate começar a secar, cubra com um pedaço de papel alumínio e abaixe um pouco o fogo. Decore com folhas de manjericão e sirva com arroz ou alguma massa.

3 de fevereiro de 2013

  • Bem a rotina voltou. As férias foram incríveis: rimos muito, comemos muito e comemos muito bem, passeamos e descobrimos coisas novas, abrimos os olhos nos museus, paramos para ouvir musicas diferentes, corremos, cansamos e dormimos pouco, criamos lembranças e memorias que vão durar uma vida, mas sobretudo, curtimos muito estar todos juntos. Um dado crucial pois a família toda viajava junta. Sim, toda a família. Sim, todos os irmãos, os agregados, os filhos e minha mãe. Sim, todos na mesma casa. Sim, pela manhã, levávamos 01h30minhr para sair de casa, o tempo de juntar meias, casacos, cachecóis, luvas, gorros, etc. para todas as seis crianças. Quer dizer, 3 crianças, 2 adolescentes, e 1 semi-adulta. Ok, essa ultima não precisava de muita ajuda, só de uma intervenção ocasional lembrando-a de pegar um gorro porque estava fazendo ‘apenas’ -3 graus, e/ou nevava e ela continuava achando que estava desfilando suas madeixas pelas ruas do Rio de Janeiro.
  • Não sei se foi influencia dessa temporada passada na terra do uísque mas essa receita faz sucesso aqui em casa. É fácil fazer mas tem que ser feita na hora. Deixe tudo pronto, a carne temperada e os cogumelos partidos, e na hora que for servir, o prato fica pronto em 10 minutos. Sirva com arroz ou batatas e algum legume colorido para alegrar o prato.
  • ingredientes

  • 1 bife de filé Mignon de 450 gramas, ou 4 medalhões (eu usei 1 filé de Fraldinha).
  • 3 a 4 colheres de chá de mostarda tipo Dijon
  • Pimenta do reino moída na hora (bastante!)
  • 2 colheres de sopa de óleo de girassol
  • 50 gramas de manteiga sem sal, a temperatura ambiente
  • 200 gramas de cogumelos frescos
  • 50 ml de uísque
  • 50 ml de caldo de carne
  • 50 ml de creme de leite fresco
  • modo de preparo

  • 1.       Tire a carne da geladeira pelo menos 30 minutos antes de prepara-la.  Corte os cogumelos frescos em dois se estiverem muito grandes e corte-os em fatias medias (não as faça muito finas).
  • 2.       Tempere a carne com sal e use os dedos para cobri-la toda com a mostarda. Em seguida tempere com bastante pimenta do reino moída na hora, no moedor mais grosso. A ideia é fazer praticamente uma casca.
  • 3.       Esquente uma frigideira grande no fogo médio/alto. Adicione o óleo e doure a carne 1 ou 2 minutos. Não mexa na carne durante esse tempo! Após um ou dois minutos, vire a carne para dourar o outro lado. Adicione a manteiga, e quando esta estiver toda derretida, junte os cogumelos partidos. Mexa os cogumelos e deixe-os liberarem toda agua. Vire a carne e cozinhe por mais 3 ou 4 minutos ou até a carne estar de seu agrado. Retire a carne, os cogumelos e qualquer caldo que estiver na frigideira e ponha tudo num prato. Cubra com papel alumínio.
  • 4.       Volte a mesma frigideira imediatamente para o fogo. Adicione o uísque e ferva-o. Adicione o caldo e deixe reduzir pela metade. Mexa bem com uma espátula para soltar qualquer resíduo da carne que estiver grudado no fundo da frigideira. Isso vai dar o sabor do molho. Acrescente o creme de leite, tempere com sal e pimenta e desligue o fogo. Sirva imediatamente a carne regada do molho de uísque.

Outra Boa Ideia: Nuggets de Frango com Parmesão

4 de setembro de 2012

  • Resolvi aproveitar que o frio chegou aqui no Rio de Janeiro, meio tarde, mas sempre bem-vindo na minha opinião, para atacar uma receita que estava separada há tempos. Eu tinha uma boa ideia de que esse prato ia fazer sucesso entre os filhos: eles gostam de lentilhas mas a linguiça, aqui, é a palavra magica. E lentilhas costumam nunca me decepcionar. De uma forma ou de outra, elas sempre me reconfortam e acalentam a alma. São tão versáteis que vão de sopa a salada com a mesma facilidade e elegância.  Se você não gosta ou não come linguiça, omita-as completamente, ou substitua por outra carne a tua disposição. A receita original pede coentro picado, que eu adoro, mas a filha tem uma rejeição linda de se ver a essa erva tão inofensiva: eu já a vi entrar na cozinha, levantar a cabeça e de longe e sem contato visual algum, detectar coentro no recinto. Será que bem treinada eu consigo fazê-la farejar trufas brancas no Piedemonte ou mesmo as pretas no Perigord?
  • Receita da revista Delicious (fevereiro 2012)
  • ingredientes

  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva
  • 400 gramas de uma excelente linguiça
  • 1 cebola roxa, media
  • 1 colher de chá de cominho em grãos ou ½ colher de chá do pó
  • ½ a 1 colher de chá de pimenta calabresa
  • 2 dentes de alho
  • 1 copo de lentilhas secas (250 gramas)
  • ½ copo de coentro ou salsinha picada
  • 800 ml a 1 litro de caldo de legumes
  • 150 ml de iogurte natural
  • modo de preparo

  • 1.       Corte as linguiças em pedaços médios e reserve. Corte a cebola roxa em fatias finas e reserve.
  • 2.       Numa frigideira com tampa, ou panela grande, esquente uma colher de azeite. Doure rapidamente as linguiças, mexendo a frigideira para doura-las por igual (dois a três minutos no total). Tire a frigideira do fogo, escorra e descarte qualquer gordura que tiver acumulado na frigideira e reserve as linguiças numa vasilha.
  • 3.       Volte a mesma frigideira ao fogo e junte a outra colher de azeite. Refogue a s fatias de cebola roxa bem devagar, em fogo baixo, até elas amolecerem (uns 8 minutos). Adicione então o cominho, a pimenta calabresa e o alho picado. Refogue por mais dois minutos.
  • 4.       Junte então as lentilhas e 800 ml do caldo de legumes. Deixe ferver e tampe a panela. Cozinhe por 15 minutos, em fogo médio/baixo. Adicione as linguiças e continue cozinhando até as lentilhas estarem cozidas. O tempo exato vai depender da qualidade de lentilha que você usar, mas as linguiças precisam cozinhar mais uns 10 minutos. Se o liquido secar muito, junte um pouco mais de caldo. Quando as lentilhas estiverem cozidas e ainda com um pouco de liquido no fundo da frigideira, junte a salsinha, e ajuste o tempero de sal e pimenta. Eu gosto de adicionar um pouco de suco de limão (algumas gotas são o suficiente). Desligue o fogo e junte o iogurte. Mexa bem e sirva quente.
Outras Boas Idéias: Salada de Lentilhas com Tomates Assados e Gorgonzola e Uma Classica Sopa de Lentilhas

5 de janeiro de 2011

  • Não é surpresa para ninguém que me conhece um pouco que eu não como fast-food ou o que quer que seja aquilo que chamam de comida nessas lanchonetes coloridas que povoam o Mundo. E nem adianta me dizer que a batata frita é boa porque pelo menos para mim, até elas tem gosto de plástico. Mas resolvi abrir duas exceções nesse inicio de 2011: nuggets e fritura. Bem eu me esqueci de dizer que também não como fritura… Eu nunca disse que era uma pessoa fácil!
  • Então, para agradar os filhotes de férias, resolvi abrir essa duas exceções de uma tacada só. Mas estava firme e forte no meu propósito de dar um nome bem bonito e saudável ao prato, algo como “frango empanado com queijo parmesão”. E é obvio que a filha sentou para almoçar olhou e disse: “Nuggets!”
  • E lá se foi o requinte do meu frango! Mas não importa porque ficou mesmo uma delicia! A polenta adicionar um crocante irresistível ao frango e o queijo parmesão um perfume delicioso. E não fica muito gorduroso.  Ideal com uma salada de tomates!
  • PS: Por favor não usem aquele queijo ralado de saquinho!! Aquilo ali nao tem sabor algum do verdadeiro parmesão! Compre um pedaço e rale em casa: prometo que voce vai notar a diferença!
  •  
  •  
  •  
  • ingredientes

  • 500 gramas de peito de frango, sem pele, de preferência orgânico (aprox. 3 peitos)
  • 1/3 copo de farinha de trigo
  •  2 ovos, orgânicos de preferência
  • ½ copo, bem cheio, de queijo parmesão ralado fino
  • 1/3 copo de polenta (Milharina, etc.)
  • ¼ copo de farinha de pão
  • 4 a 5 colheres de óleo de canola ou girassol
  • Sal e pimenta
  •  
  • modo de preparo

  • 1. Fatie os peitos de frangos em pedaços médios. Tente cortar os pedaços para que fique com tamanhos parecidos e conseqüentemente cozinharem uniformemente.
  • 2. Numa vasilha, ponha a farinha e tempere com sal e pimenta. Em outra vasilha, ponha os 2 ovos e bata ligeiramente com um garfo. Na terceira vasilha, ponha o parmesão, a polenta e a farinha de pão.
  • 3. Pegue um pedaço de frango, ponha primeiro na farinha e envolva-o bem. Retire qualquer excesso, e mergulhe rápido no ovo batido. De novo, retire o excesso de ovo e imediatamente ponha na mistura de queijo. Envolva bem com essa mistura, retire o excesso, e arrume num prato. Faça isso com todos os pedaços de frango. Cubra o prato com filme plástico e leve a geladeira por pelo menos 10 minutos.
  • 4. Ligue o forno a 200ºC. Numa frigideira grande, ponha 3 a 4 colheres de óleo e esquente em fogo médio. Quando o óleo estiver quente, ponha alguns pedaços de frango empanado na frigideira mas cuidado para não apertar-los muito pois queremos espaço para virar os pedaços . Frite uns 2 minutos de cada lado ou até dourar. Vire os pedaços e frite-os do outro lado. Quando estiverem dourados, retire-os com uma escumadeira e ponha no papel-cozinha para absorver um pouco a gordura. Faça isso com todos os pedaços de frango adicionando mais óleo se necessário.
  • Em seguida, ponha os pedaços de frango num tabuleiro e leve ao forno por uns 6 a 8 minutos para acabar de assar e secá-los um pouco. Retire do forno e sirva quente. Use o forno para re-quenta-los se preciso.

Outra Boa Ideia: Frango Assado com Za’atar e Limão

12 de agosto de 2010

  • Não tinha ainda me dado conta como é difícil fotografar carnes. O frango realmente não é fácil e aquelas perninhas pra cima, bem, basta dizer que não ajudam na composição da fotografia!! Mas se a foto ficou não muito bonita, a carne estava uma delícia!O sal ajuda a manter a umidade da carne e o bacon com as ervas deixam um perfume delicioso tanto no prato quanto na cozinha!  Não deixe de chamar crianças e convidados na hora de quebrar o sal: o espetáculo faz parte desse prato!
  • Serve pelo menos 4 pessoas
  • Adaptado do livro Olives and Oranges, de Sarah Jenkins e Mindy Fox
  • ingredientes

  • 230 gramas de bacon
  • 4 dentes de alho
  • 15 folhas grandes de salvia
  • 6 ramos de alecrim (só as folhinhas)
  • 1 colher de chá de pimenta calabresa
  • 6 a 7 claras de ovo
  • 2 quilos de sal grosso
  • 1 frango orgânico de aproximadamente 2 quilos
  • modo de preparo

  • 1. Pré-aqueça o forno a 200 graus. Forre um tabuleiro com papel alumínio, inclusive as laterais. Reserve
  • 2. Ponha o bacon na vasilha do processador e triture até formar uma pasta. Retire da vasilha e reserve. Na mesma vasilha, ponha as ervas, os dentes de alho e a pimenta calabresa. Triture bem. Adicione as ervas ao patê de bacon.
  • 3. Bata as claras ligeiramente com um fouet ou na batedeira até formar uma espuma. Acrescente o sal grosso e misture. Eu acabei usando 7 claras para obter um sal bem coeso.
  • 4. Ponha 1/3 da mistura de sal no fundo do tabuleiro.
  • 5. Amarre o frango. Com os dedos, passe 1/3 da mistura de bacon e ervas em cima dos peitos. Vire o frango de cabeça para baixo e ponha-o no tabuleiro, em cima do sal grosso. Os peitos vão ficar para baixo. Agora cubra o resto do frango todo com o restante do bacon e ervas.
  • 6. Cubra o frango com o sal. Aperte bem nas laterais para vedar bem o frango na casca de sal grosso. Se o sal não estiver “colando”, retire-o todo e acrescente mais uma clara de ovo. O sal tem que formar um cimento ao redor do frango.
  • 7. Leve ao forno pré-aquecido por 2 horas. Retire do forno e deixe descansar 10 minutos antes de quebrar o sal e servir o frango.
  • Outra Boa Idéia: Frango Assado com Za’atar e Limão (um clássico aqui em casa!)

Próxima página »